Sistema lógico em LittleBigPlanet 2

Fonte: blog oficial da MediaMolecule

Há alguns anos foi lançado o jogo LitteBigPlanet para o Playstation 3. Na época o game fez sucesso por seu incrível sistema de criação de fases. Depois de algum tempo, apareceu a primeira calculadora feita dentro do jogo, a qual tinha capacidade para efetuar cálculos de soma e subtração.

Recentemente outros títulos ganharam destaque por possibilitar a criação de softwares  por meio dos itens de jogos. Um dos jogos que chamou a atenção foi Minecraft, um game bem simples que pode rodar diretamente no navegador e utiliza a linguagem Java como base de seu funcionamento.

Todavia, diferente do que aconteceu com LittleBigPlanet, em Minecraft tivemos notícias de jogadores que decidiram imitar a funcionalidade de um computador completo. Através dos blocos virtuais do jogo, o jogador Ben Craddock decidiu montar a parte física (os circuitos de hardware) de um PC.

As notícias indicam que a utilização dos blocos em Minecraft funciona de maneira semelhante ao que ocorre na programação comum, motivo que justifica a possibilidade de criar tal ambiente virtualmente. Ben Cradddock já criou boa parte do sistema, mas agora está pensando em um jeito de implementar uma unidade lógica e aritmética de 16 bits (parte de um processador de verdade).

Em se tratando de programação virtual, parece que muito mais vem por aí. Ao menos é o que afirma o site da MediaMolecule — desenvolvedora do game LitteBigPlanet 2. Segundo os recentes posts no blog oficial da MM, o novo game dos sackboys oferecerá a possibilidade criar quaisquer tipos de jogos (ou seja, pequenos jogos dentro de um jogo maior).

E não só isso: LBP2 possibilitará programar através de elementos visuais. No blog da MediaMolecule estão disponíveis algumas imagens que mostram como será bem mais fácil criar uma calculadora e outros elementos eletrônicos dentro do game.

Use o simples e faça o complexo

Fonte: blog oficial da MediaMolecule

Além disso, algumas notícias relatam que o jogo trará a possibilidade de usar chips (virtuais) programáveis e alguns conjuntos de instruções que permitam um nível mais profundo de interação entre o jogador e o game.

Cupons de desconto TecMundo: