Durante o primeiro semestre de 2014, embaladas pela proximidade da Copa do Mundo, as vendas de televisores foram contabilizadas em 7,9 milhões de unidades. Agora, em 2015, o mesmo período registrou 4,8 milhões, uma queda de 39%.

Segundo a Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos), "a compra da televisão foi antecipada. Mas é um produto nobre na casa, com constantes renovações tecnológicas e que o brasileiro gosta muito de ter e substituir".

Outros produtos do segmento também registraram quedas, mas não tão vertiginosas. Além desse setor, caíram: as vendas de eletroportáteis (ferro, cafeteira e outros itens — 19%), de fogões (18%), micro-ondas (12%), refrigeradores (10%) e lavadoras (1%).

De acordo com o presidente da Eletros, Lourival Kiçula, para as vendas voltarem a deslanchar, a "confiança do consumidor também precisa voltar e o financiamento tem que ser possível, não com os juros altos como estão".

Cupons de desconto TecMundo: