(Fonte da imagem: Reprodução/9tp5Google)

Após anos de proibição, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) liberou a utilização de aparelhos eletrônicos portáteis por passageiros das linhas aéreas do país durante a duração total dos voos. Desse modo, ninguém mais precisa desligar seus aparelhos celulares durante o pouso e a decolagem (ainda que ainda seja necessário manter telefones celulares no modo avião).

A proibição no país começou em 1991, quando a Comissão Federal de Comunicações (FCC) e a FAA proibiram em conjunto a utilização de aparelhos celulares em aviões – algo compreensível, uma vez que os dispositivos eram novidade na época e seus efeitos eram desconhecidos. Apesar de testes realizados nos anos seguintes comprovarem que a proibição era desnecessária, ela continuou pelas duas décadas seguintes até acabar nesta semana.

Apesar de o órgão administrativo liberar o uso de eletrônicos portáteis (como tablets, eReaders e smartphones), ainda é necessário que as companhias aéreas sigam as diretrizes da FAA e comprovem que seus aviões podem voar seguramente na presença destes eletrônicos. A agência espera, contudo, que a maioria das companhias receba a aprovação para tal até o final do ano.

Enquanto a mudança é válida apenas para os Estados Unidos, a alteração talvez influencie órgãos regulamentadores de outros países – como a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), no caso do Brasil – a adotar a mesma atitude. Torçamos para que as mudanças não demorem a acontecer.

Cupons de desconto TecMundo: