Samsung Galaxy S21 FE REVIEW: vale ficar de olho para o futuro

12 min de leitura
Imagem de: Samsung Galaxy S21 FE REVIEW: vale ficar de olho para o futuro
Avatar do autor

O Galaxy S20 Fan Edition inaugurou essa linha de celulares top de linha menos premium da Samsung e foi um sucesso de crítica e público, especialmente quando a versão com o processador Snapdragon chegou ao Brasil no ano passado. Tanto que ele ganhou o prêmio de melhor smartphone de custo-benefício pelo valor oficial no Brasil no nosso prêmio de melhores do ano.

Prós
  • Tela excelente
  • Design robusto e elegante
  • Bateria com boa duração
  • Câmeras boas
Contras
  • Valor desproporcional
  • Desempenho limitado em jogos exigentes
  • Sem carregador na caixa

Agora, a Samsung lançou o S21 FE, trouxe ele rapidinho para o Brasil e me deixou testar ele por um tempinho para falar para vocês o que eu achei dele e se eu recomendo a compra. Quanto a isso, eu digo que o S21 FE é sim um ótimo smartphone, me surpreendeu em alguns pontos e teria tudo para também ser um sucesso... se não fosse por alguns problemas sérios que eu vou explicar neste review.

Samsung Galaxy S21 FE

Design

Começando pelo design, o S21 FE parece ser uma espécie de irmão do meio entre o S21 e o S21+, só que um pouco mais discreto. No tamanho, ele está exatamente entre esses dois modelos, mas no peso ele está muito mais próximo do irmão menor, o que é uma coisa boa e contribui para ele ter uma pegada boa e ser confortável de usar até com uma mão só, pelo menos para quem tem mãos grandes.

• Dimensões (AxLxE): 15,57x7,45x0,79 cm (mais espesso nas câmeras)
• Peso: 177 gramas

Ele continua não tendo entrada para fone de ouvido, mas é sim resistente a água com certificação IP68. Na frente ele tem vidro protegido pelo Gorilla Glass Victus e tem a câmera de selfies em um furinho pequeno central. A lateral e a estrutura dele são de alumínio e a traseira inteira é de um plástico de boa qualidade. As câmeras de trás ficam em um degrau no canto parecido com o dos irmãos, com a diferença de que nesse aqui é tudo feito do mesmo plástico da traseira, e não com o recorte de metal que os S21 do ano passado têm. E sinceramente? Eu não senti prejuízo nenhum nisso. Passa uma sensação de que é robusto e de qualidade, assim como os outros. Se você for colocar uma capinha nele, então, faz menos diferença ainda. E você deveria colocar uma capinha em qualquer celular, tá? Proteja seu investimento.

Samsung Galaxy S21 FE

Tela

Voltando para a frente, aqui o S21 FE traz uma tela do mesmo AMOLED Dinâmico dos irmãos, o que representa uma evolução em comparação com o S20 FE. O painel tem 6,4 polegadas, resolução Full HD+ e taxa de atualização de até 120 Hz. E isso tudo se traduz em uma experiência ótima de uso, com cores vivas e bem destacadas, um brilho bom que não deixa a desejar mesmo sob sol e movimentos fluídos na navegação toda. Zero reclamações aqui.

• Tela: Dynamic AMOLED de 6,4” (20:9) com resolução Full HD+ (2400x1080 pixels), taxa de atualização de 120 Hz e densidade de 411 ppp

Samsung Galaxy S21 FE tela

Interface

O S21 FE vem rodando de fábrica o Android 12, que é a versão mais recente do sistema do robozinho verde, que aqui chega com a interface OneUI 4 da Samsung. Ela continua muito leve e ágil, mas sem abrir mão dos vários recursos úteis como o Dual Messenger para usar duas contas diferentes em mensageiros como o WhatsApp, o Samsung Pay para cadastrar seus cartões e fazer pagamentos via NFC usando o celular e o modo Dex, que permite se conectar a uma TV, monitor ou computador tanto via WiFi quanto por um cabo HDMI, e aí usar o smartphone como um PC portátil usando a tela do celular como touchpad ou um kit de mouse e teclado Bluetooth.

Sistema operacional: Android 12 (OneUI 4.0)

Das novidades do Android 12, uma das mais importantes que está aqui vale para o sistema como um todo, não só a versão da Samsung, e é pequeno indicador verde que aparece no canto da tela toda vez que algum aplicativo está usando a sua câmera ou microfone, o que ajuda a manter controle sobre a sua privacidade. Fora isso, sem novidades impressionantes por aqui, mas sem experiências ruins também. E a Samsung promete que o S21 FE vai receber três grandes atualizações do Android, indo então até o Android 15. Claro que, como sempre, é melhor não contar com atualizações que ainda não vieram e podem demorar, mas a empresa se dispor a prometer isso é um bom sinal. Seja como for, já faz anos que a Samsung deixou pra trás a experiência terrível da TouchWiz, e aqui a OneUI continua sendo ótima em geral.

Samsung Galaxy S21 FE Android

Câmeras

No papel, o Galaxy S21 FE tem exatamente o mesmo conjunto de câmeras do que o Galaxy S20 FE. A frontal inclui um sensor de 32 MP com abertura de f/2.2, enquanto na traseira fica um conjunto triplo com um sensor principal de 12 MP com abertura de f/1.8 e estabilização ótica, um telephoto de 8 MP para zoom ótico de 3x com abertura de f/2.4 e também com estabilização ótica, e por fim um ultrawide de 12 MP com ângulo de 123º e abertura de f/2.2.

• Câmera de selfie: 32 MP e f/2.2
• Câmeras traseiras: principal de 12 MP com f/1.8, dual-pixel PDAF e OIS + telephoto de 8 MP com zoom ótico de 3x, f/2.4, PDAF e OIS + ultrawide de 12 MP com ângulo de 123º e f/2.2 + flash LED e HDR

E esse conjunto continua fazendo imagens tão boas quanto as da geração passada. Tanto na frente quanto na traseira, todos os sensores produzem imagens excelentes durante o dia, com boa cores e nível de detalhamento. O sensor principal não chega no nível de detalhes possível com qualquer S20 ou S21 da linha principal, que possuem sensores mais avançados, mas não deixam a desejar. Em ambientes escuros, o sensor principal e até o teleobjetivo conseguem fazer imagens legais normalmente, com pouco ruído, mas o ultrawide acaba com fotos bem ruins nesse caso. É possível usar o modo noturno nessa hora para ter resultados melhores com todas as câmeras, e aí a ultrawide consegue produzir imagens legais também. A única dificuldade é que nem sempre é fácil acertar o foco em pessoas ou objetos específicos enquanto você usa o modo noturno.

Fotos tiradas com o Samsung Galaxy S21 FE:

A câmera frontal acaba perdendo bastante detalhamento no modo normal em ambientes com pouca luz, mas faz boas imagens se você usar a tela como flash. Seu rosto acaba com bons detalhes, mas o fundo escurece um pouco. E o modo noturno para selfies teve um upgrade, e agora ativa automaticamente uma espécie de flash mais leve na tela, o que ajuda no resultado geral. Com isso, as selfies no modo noturno trazem um resultado que é mais um meio termo, com menos detalhas do que o flash normal, mas sem escurecer o fundo e com um pouco menos de ruído que o modo normal.

Nos vídeos, também temos um repeteco do que vimos no S20 FE. A gravação máxima é em 4K a 60 quadros por segundo, e a estabilização ótica faz um ótimo trabalho em evitar tremedeiras aqui mesmo enquanto você anda. Se for correr ou quiser mais estabilização, pode ativar o modo superestável, que limita a resolução a Full HD e deixa o ângulo da câmera principal mais fechado, mas permite usar a ultrawide na gravação e entrega um resultado excelente também. Na frontal, ainda é possível escolher filmar até em 4K a 60 fps, mas não tem estabilização ótica, então rolam chacoalhões visíveis se você não tomar cuidado.

• Vídeo: 4K@60fps, Slow 1080p@2400fps ou 720p@960fps

Desempenho

No ponto do desempenho é onde estão algumas boas e más notícias sobre esse celular aqui. O Galaxy S21 FE vem com o chip Exynos 2100 acompanhado por 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. Ele é compatível com redes 5G, quando elas finalmente estiverem funcionando plenamente por aqui, e a bandeja dele tem espaço para dois chips de operadora, mas não para um cartão de expansão de memória. Lá na gringa existe uma versão com mais espaço interno e RAM, mas aqui no Brasil por enquanto só temos essa versão aqui.

Samsung Galaxy S21 FE

Hardware

• CPU: octa-core Exynos 2100 (1x 2,9 GHz + 3x 2,8 GHz + 4x 2,2 GHz)
• GPU: Mali-G78 MP14
• Memórias: 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento

Durante o uso comum, incluindo aqui redes sociais, câmera, mensageiros e até jogos leves, o aparelho mantém um uso sempre rápido e sem engasgos. A boa notícia é que no S21 FE a Samsung conseguiu resolver o problema do aquecimento exagerado que o Exynos 2100 apresentava nas situações de uso mais extremo, como em sessões longas em jogos pesados. Realmente, durante meus testes ele aqueceu só um pouco mesmo em uso intenso e não chegou nem perto de esquentar tanto quanto o S21 depois de uma horinha de Genshin Impact, por exemplo. E isso também teve um impacto positivo sobre a bateria, que eu vou detalhar daqui a um pouquinho.

Já a má notícia é como eles fizeram esse controle da temperatura. Para impedir o superaquecimento, o S21 FE simplesmente reduz a capacidade do próprio processador se detectar que ele está ficando um pouco mais quente. Então se no S21 básico um game pesado como o Genshin Impact rodava sem problemas e sem sofrimento pelo menos até o celular esquentar demais, e aí ele tinha algumas quedas de frame e a bateria voava embora, aqui não importa se eu estava jogando com os gráficos na configuração mais exigente ou na mais leve possível, o jogo acabava sofrendo quedas de frames e leves engasgos o tempo todo. Fica impossível de jogar games pesados nele? Não, mas fica sim extremamente chato e frustrante. Eu até pesquisei na internet e li que a situação melhora se você for nas configurações do sistema e desativar o Game Launcher da Samsung, mas eu fiz isso e não senti nenhuma diferença. A experiência no jogo continuou péssima.

Samsung Galaxy S21 FE jogo

Isso não quer dizer que o S21 FE vai ser ruim para todos os jogos um pouco mais exigentes, tá? Asphalt 9, por exemplo, rodou tranquilamente com tudo no máximo, sem sinal desse problema. Mas se você faz questão mesmo dos games mais avançados do momento, aí provavelmente esse aqui não é para você. Talvez no futuro próximo a Samsung repita o que ela fez com o S20 FE e acabe trazendo a versão do S21 FE com Snapdragon aqui para o Brasil, o que provavelmente resolveria esse problema, mas até o momento ela fala que não tem planos de lançar o modelo com processador da Qualcomm por aqui, então é isso que tem para hoje.

Bateria

Pelo menos se você não ligar para os games exigentes, a ausência do superaquecimento permite que o S21 Fan Edition entregue um bom tempo de uso com a sua bateria de 4.500 mAh. Nos meus testes, eu frequentemente cheguei ao final de um dia normal de uso com mais de vinte porcento de bateria sobrando mesmo com mais de oito horas de uso de tela, com direito a redes sociais, fotos, mensageiros e até umas 2 horinhas de jogos leves online. Mesmo em dias em que eu abusava mais, estendendo a jogatina para pouco mais de 4 horas, ainda dava para encerrar o dia às onze da noite com uns 10% sobrando de carga.

• Bateria: 4.500 mAh, compatível com recarga de 25W (sem carregador na caixa)

Samsung Galaxy S21 FE bateria

Já para a recarga, aqui é outro ponto problemático porque a Samsung repetiu a dose da família S21 e não incluiu um carregador na caixa desse FE. Aqui no Brasil, quem comprar um dos celulares da marca, que não vêm com carregador pode ir até o site Samsung para você e fazer um cadastro para receber em casa um carregador de 25W de graça. Para algumas pessoas que falaram comigo, isso deu certo e o carregador chegou depois de alguns dias, já no meu caso, eu fiz o pedido de um carregador no dia 12 de dezembro, não recebi até agora e a previsão de entrega tá para o final de fevereiro. A minha sorte é que eu trabalho com isso, então tenho acesso a outros carregadores, senão ia ter que me virar por quase dois meses e meio.

Extras

Antes de irmos para o veredito final, vale falar que o leitor de digitais continua sob o vidro e, assim como no FE anterior, nesse aqui o leitor é ótico, e não ultrassônico como na linha S principal da Samsung. Na teoria o ultrassônico é mais seguro, mas na prática esse aqui funciona bem e vai conseguir te proteger sim.

Samsung Galaxy S21 FE digitais

No som, temos alto-falantes estéreo, com uma saída de som para a frente ali no mesmo lugar da saída de som para chamadas, e a outra na tradicional posição para baixo. A qualidade do som é boa e o volume é alto, então sem reclamações aqui. Ah, além da entrada para fones normais não existir nesse aqui também, ele não inclui um fone USB ou adaptador na caixa também.

Vale a pena?

Chegando aqui nos finalmente, a gente já viu alguns problemas consideráveis do Galaxy S21 FE. Tem a questão da limitação nos jogos mais exigentes, mas isso não é um problema para quem não joga esse tipo de jogo no celular. Tem a questão do carregador, mas isso é um problema de todos os celulares de ponta da Samsung e da Apple, e pelo menos no caso da coreana tem solução se você esperar. Se esses pontos não te afetam, esse aqui é sim um ótimo smartphone e com certeza vai te agradar bastante. Só que tem mais um problema, que para mim é o principal no momento dessa gravação, ainda em janeiro de 2022, que é o timing desse lançamento aqui.

Originalmente, o plano da Samsung era lançar esse aparelho no começo o último trimestre do ano passado, e aí o preço de lançamento dele por R$ 4,5 mil não seria um problema.

• Preço oficial: R$ 4.499 à prazo (R$ 4.049,10 à vista)

Só que com o adiamento, agora em janeiro, o próprio Galaxy S21 já pode ser encontrado perto dos R$ 3,5 mil, ou até menos se você der sorte com alguma promoção. Pior que isso, é que a previsão é de que a família Galaxy S22 já vá ser anunciada agora em fevereiro, o que deve levar a mais quedas no preço dos S21. Com isso, o S21 simplesmente não faz sentido algum agora. Talvez lá para a metade do ano o preço dele baixe o suficiente para valer mais a pena do que o S21, especialmente se a Samsung der um jeito de resolver via atualização a limitação de desempenho desse aqui ou se lançar no Brasil o S21 FE com chip Snapdragon na mesma faixa de preço que esse aqui vai estar na época. Com isso em mente, até vale ficar de olho nele ao longo dos próximos meses, mas por enquanto esse aqui é só uma boa chance perdida pela coreana.

-----

O que você achou do Galaxy S21 Fan Edition? Mande sua opinião e as dúvidas que tiverem sobrado nos comentários abaixo.