Asus admite falha em placa-mãe ROG Maximux Z690 e fará recall

1 min de leitura
Imagem de: Asus admite falha em placa-mãe ROG Maximux Z690 e fará recall
Imagem: ASUS/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Asus reconheceu nessa quinta-feira (30) a existência de uma falha na placa-mãe ROG Maximus Z690, após diversos relatos na internet dando conta de que o produto apresentava problemas e podia até pegar fogo, em alguns casos. A empresa afirmou ainda que fará a troca dos modelos defeituosos.

Os primeiros relatos de defeito na placa-mãe Asus ROG Maximus Z690 surgiram semana passada no Reddit, mencionando código de erro, choques e pequenos incêndios no produto, levando ao derretimento de componentes. As reclamações continuaram após o Natal, com as novas postagens surgindo principalmente na América do Norte.

Depois disso, a fabricante taiwanesa reconheceu a falha e apontou uma possível causa, ao realizar uma investigação inicial. Em contato com o Tom’s Hardware, a empresa disse que um “problema no capacitor de memória” da placa, presente em determinados lotes, pode ter levado às ocorrências descritas pelos usuários na rede social.

Os números da peça e da série estão disponíveis na embalagem da placa-mãe.Os números da peça e da série estão disponíveis na embalagem da placa-mãe.Fonte:  Tom's Hardware/Reprodução 

Esse defeito pode não causar nada, mas também há chances de resultar no código de erro de depuração 53 ou acabar provocando danos aos componentes do dispositivo, segundo a companhia. O problema afeta potencialmente as placas fabricadas em 2021, com o número de peça 90MB18E0-MVAAY0 e número de série iniciado com MA, MB ou MC.

Recall inicia em breve

Os proprietários da placa-mãe ROG Maximus Z690 podem conferir o número de série e o número da peça na embalagem do produto, como mostrado na imagem acima. Caso o item esteja entre os afetados, a recomendação é não utilizá-lo até que a empresa faça a substituição por um modelo novo, sem custos adicionais.

A Asus informou que vai iniciar o recall em breve, com os usuários devendo entrar em contato com a fabricante para confirmar a troca. Os lotes afetados foram vendidos apenas nos Estados Unidos, conforme a empresa, mas existe a possibilidade de que tenham sido exportados para outros países.