Snapdragon 8 Gen 1: 5 novidades que os celulares terão em breve

4 min de leitura
Imagem de: Snapdragon 8 Gen 1: 5 novidades que os celulares terão em breve
Imagem: Qualcomm
Avatar do autor

Snapdragon 8 Gen 1, novo chipset de alta performance da Qualcomm, foi anunciado oficialmente nesta terça-feira (30). Durante o Snapdragon Summit 2021, a companhia apresentou o chip que será embarcado nos celulares top de linha de nova geração. Além disso, trouxe as principais novidades que estarão disponíveis para os consumidores.

Em termos técnicos, o novo chipset tem arquitetura de 4 nanômetros e possui CPU Kryo de até 3.0 Ghz (Cortex-X2) com arquitetura de 64-bit. Também conta com a tecnologia Qualcomm Quick Charge 5 e melhorias de conectividade, que prometem mais estabilidade e velocidades mais altas.

Mas o que isso significa na prática? Confira algumas das principais funções que os próximos celulares podem ganhar com o novo processador.

1. Melhor para jogos

De acordo com a Qualcomm, o novo Snapdragon 8 Gen 1 deverá impulsionar a capacidade dos jogos em dispositivos móveis. A empresa cita que a nova GPU Adreno entrega gráficos com renderização 30% mais veloz, além de aumentar a eficiência em 25% se comparado com o chipset Snapdragon 888.

Snapdragon GamingNovo chipset possui suporte à suíte de recursos Snapdragon Elite Gaming (Imagem: Qualcomm)

A empresa também cita que o Gen 1 é a primeira plataforma com a tecnologia de áudio Audiokinetic, que promete qualidade de console. Ele também é compatível com a Unreal Engine 5 e deve garantir mais realismo em itens como neblinas e fumaças graças a renderização volumétrica.

2. Filmagens em 8K HDR

O novo hardware também traz a tecnologia Snapdragon Sight, que conta com o primeiro processador de sinal de imagem (ISP) de 18-bit para um dispositivo móvel. A adição promete fotos e vídeos com alto alcance dinâmico, cores vívidas e claridade. Quanto aos vídeos, o destaque fica com a gravação na resolução 8K com HDR habilitado. Em paralelo, o usuário ainda poderá fazer fotografias de 64 MP enquanto filma com essa resolução.

Segundo a companhia, o novo ISP pode capturar 4 mil vezes mais dados de câmera do que o predecessor, que possio 14-bit.

3. Fotos mais velozes e claras

Com o Snapdragon 8 Gen 1, os usuários poderão capturar fotografias sem atraso com fotos em resoluções de até 100 MP — embora traga suporte para sensores de 200 MP. Em suma, a combinação de agilidade também pode explorar duas câmeras ao mesmo tempo, como em 64 + 36 MP, por exemplo. Ele também é capaz de capturar 240 fotografias (de 12 MP) em um segundo, garante a empresa.

Um outro ponto de destaque vai para as fotografias em baixa luminosidade. Segundo a Qualcomm, a melhoria poderá ser de até 5x. Essas funções, é claro, ficam a critério dos fabricantes, que podem ou não explorar todo esse potencial em seus futuros lançamentos.

SnapdragonNovidades de câmera do Snapdragon 8 Gen 1 (Imagem: Qualcomm)

3. Telas ainda melhores

Os dispositivos que contarem com o Gen 1 poderão explorar telas com resolução máxima de até 4K com taxa de atualização de 60 Hz. Entretanto, também será possível ver dispositivos com telas de resolução QHD+ com taxa de 144 Hz.

Já em monitores externos, a resolução máxima suportada é 4K (60 Hz). Ainda assim, os dispositivos podem exibir conteúdo com 10-bit de profundidade (de gama de cores), suporte a HDR10 e HDR10+, além de apresentar melhorias para telas OLED.

4. 5G e Wi-Fi 6/6E

Juntamente com o Gen 1, a Qualcomm colocará em prática a 4ª geração do modem de radio frequência Snapdragon X65 5G. Apresentado em juho, durante o Mobile World Congress Barcelona, o hardware possui conectividade de até 10 Gbps em conexões 5G. Os celulares também devem contar com um uplink 5G "sem precedentes", graças a agregação de operadora.

Na outra ponta, a conectividade Wi-Fi 6 (e 6E) também se faz presente e pode atingir velocidades de até 3,6 Gbps. As melhorias, garante a Qualcomm, podem se estender a diferentes aplicações: dispositivos de som, como fones sem fio Bluetooth ou wireless, terão melhor desempenho e sem perda (aptX Lossless); há suporte para LE Audio (Low Energy) para transmissão e gravação, e tudo com a promessa de baixo consumo energético.

5. Celulares mais inteligentes

Os celulares que serão lançados ao longo dos próximos meses também deverão ser “mais inteligentes”. Com a 7ª geração do Qualcomm AI Engine, o Gen 1 promete melhorias baseadas em inteligência artificial (IA). Entre elas, o modo retrato (efeito bokeh) poderá ser ainda mais natural.

O chipset também poderá analisar, agrupar e priorizar as notificações, ou analisar a voz do usuário para identificar variações e possíveis condições de saúde. Em números, a Qualcomm cita que a performance é 4x melhor que o predecessor, mas que ele também possui uma melhor eficiência energética para conduzir tais funções.

De acordo com a Qualcomm, os primeiros smartphones equipados com o novo Snapdragon 8 Gen 1 devem ser lançados no mercado ainda em 2021.

* A jornalista viajou para o Havaí a convite da Qualcomm.