Xiaomi: linha Redmi Note 11 é anunciada com recarga em 15 minutos

2 min de leitura
Imagem de: Xiaomi: linha Redmi Note 11 é anunciada com recarga em 15 minutos
Imagem: Divulgação/Xiaomi
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi anunciou nesta quinta-feira (28) os três novos smartphones intermediários da linha Redmi Note 11: Redmi Note 11 5G, Redmi Note 11 Pro e Redmi Note 11 Pro+. Entre os destaques, está a bateria com maior capacidade de carregamento, a qual, segundo a empresa, carrega 100% em apenas 15 minutos no modelo Pro+.

Redmi Note 11

Mais básico entre os lançamentos, o Redmi Note 11 é equipado com o chipset MediaTek Dimensity 810 e será vendido com 4 GB, 6 GB ou 8 GB de RAM nas variações de 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno. O aparelho também tem certificação IP53 contra respingos d'água.

O display AMOLED com 6,6 polegadas tem taxa de atualização de 90 Hz. No quesito câmeras, o celular tem um conjunto duplo na traseira, sendo uma lente principal de 50 MP e uma ultra-wide com 8 MP. A câmera frontal conta com 16 MP. Já a bateria é de 5.000 mAh com suporte para carregamento rápido de 33 W.

Redmi Note 11 Pro

No Redmi Note 11 Pro, o processador é o MediaTek Dimensity 920 com conectividade 5G. Com 6 GB ou 8 GB de memória RAM, o smartphone conta com armazenamento interno de 128 GB ou 256 GB. O display AMOLED é pouco maior do que modelo "normal", com 6,67 polegadas e 120 Hz de taxa de atualização.

O conjunto triplo de câmeras vem com uma lente principal de 108 MP, uma ultra-wide de 8 MP e uma macro de 2 MP. A frontal é de 16 MP, e o modelo é certificado com IP53 de resistência a poeira e água. Já a bateria do modelo Pro tem 5.160 mAh de capacidade e carregamento rápido de 67 W.

Redmi Note 11 Pro +

Também com o chipset MediaTek Dimensity 920, o Redmi Note 11 Pro+ é o mais poderoso dos três. O smartphone tem variações de 6 GB e 8 GB de RAM, combinadas com opções de 128 GB e 256 GB de armazenamento interno. A bateria de 4.500 mAh acompanha suporte para carregamento rápido de 120 W. Segundo a Xiaomi, é possível carregar 100% da bateria em apenas 15 minutos.

Divulgação(Fonte: Xiaomi/Divulgação)

Assim como no modelo Pro, a tela é AMOLED com taxa de atualização de 120 Hz, e o conjunto fotográfico vem com configurações 108 MP + 8 MP + 2 MP.

Disponibilidade

Os três smartphones estão em fase de pré-venda na China, mas ainda não há previsão para chegar ao Brasil. O Redmi Note 11 será comercializado por valores entre 1.199 yuans e 1.699 yuans (aproximadamente R$ 1.040 e R$ 1.500, em conversão direta, respectivamente), o Note 11 Pro custará a partir de 1.799 yuans (R$ 1.384) e o Redmi Note 11 Pro+ terá preço inicial de 1.999 yuans (R$ 1.643).

Fontes