Novo Kindle Paperwhite: Amazon libera venda do eReader no site

2 min de leitura
Imagem de: Novo Kindle Paperwhite: Amazon libera venda do eReader no site
Imagem: Amazon
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Após alguns anos sem atualizações, a Amazon finalmente liberou para seus clientes o novo Kindle Paperwhite, leitor digital com especificações intermediárias que traz significativas melhorias em relação ao modelo anterior, especialmente nos aspectos de velocidade, tempo de resposta e design.

O dispositivo, que há pouco mais de um mês estava em pré-venda no mercado estrangeiro, ganha disponibilidade para todos os consumidores e já pode ser adquirido com entregas previstas para a partir do dia 27 de outubro no Brasil, data que marcará seu lançamento global.

Conheça abaixo as principais novidades do leitor digital e descubra suas diferenças entre a versão de 2018 do Paperwhite.

Design e tela

Novo Kindle PaperwhiteNovo Kindle Paperwhite com tela maior e bateria com mais duraçãoFonte: Amazon / Reprodução

O novo Kindle Paperwhite surge na versão mais robusta da linha, sendo maior que o modelo 2018 em todas as dimensões. Porém, o destaque estético do dispositivo fica por conta da redução das bordas, que agora são mais finas, e nos engates, que facilitam a pegada e tornam o uso, mesmo que por horas contínuas, mais confortável durante as passagens de páginas e operações com uma mão.

Além disso, o leitor mantém as especificações à prova d'água com certificação IPX8, mas traz uma tela de 6,8" consideravelmente maior e com a mesma densidade de pixels (300 ppi), equipada com funções não apenas de iluminação LED, mas de ajuste de calor que pode reduzir os tons azuis e facilitar a leitura em ambientes com maior incidência de claridade.

Hardware

O hardware do novo Kindle Paperwhite surge com a versão de melhor desempenho da linha, garantindo viradas de páginas 20% mais rápidas que na versão de 2018 e aceleração completa do painel de tinta eletrônica para navegar na biblioteca de livros, loja digital, configurações de sistema ou catálogo do Kindle Unlimited (sistema de livros por assinatura da marca). Além disso, as transições entre displays estão mais suaves e deixam menos marcas, operando instantaneamente através de toques na tela.

O dispositivo mantém os mesmos 8 GB de armazenamento interno, permitindo a alocação de milhares de livros que podem ser transferidos via USB ou baixados diretamente pela loja digital/Kindle Unlimited. Porém, enquanto o Paperwhite de 2018 permitia conectividade com rede móvel 4G ou Wi-Fi, o novo leitor vem apenas com reconhecimento à rede Wi-Fi.

Carregamento e bateria

Tradicionalmente, a família Kindle é conhecida por trazer aparelhos com alta durabilidade de bateria, resistindo a semanas em stand-by mesmo com seus principais recursos habilitados. O novo Kindle Paperwhite, então, elevou o uso de carga para a maior vida útil de bateria, garantindo até seis semanas de uso a depender da intensidade de leitura aplicada por cada usuário.

Outro detalhe que se destaca no novo produto da Amazon é o carregamento, que sacrifica as cargas tradicionais de Micro-USB — carregadores comuns de celulares e dispositivos populares – para dar lugar ao inovador USB-C, possibilitando que o leitor esteja totalmente carregado em algumas dezenas de minutos e suporte semanas sem que haja a necessidade de carregá-lo novamente.

Preço

Imagem: Novo Kindle Paperwhite
Imagem: Tecmundo Recomenda

Novo Kindle Paperwhite

Modelo com tela de 6,8” e bordas mais finas, temperatura de luz ajustável, bateria com duração de até 10 semanas e 20% mais rápido para virar as páginas.

Enquanto o Kindle Paperwhite de 2018 está com um preço sugerido de R$ 499 na Amazon, o novo modelo do leitor digital chega custando R$ 649, contando com uma versão premium, a Signature, que traz o armazenamento de 32 GB e carregamento por indução por R$ 849.

No Brasil, ambas as versões já estão com vendas liberadas no site oficial da Amazon e podem ser adquiridos sem juros ou com desconto para pagamento à vista, com previsão de entrega para a partir de 27 de outubro.

Fontes