Cabos USB-C ganham novos logotipos para evitar confusões

1 min de leitura
Imagem de: Cabos USB-C ganham novos logotipos para evitar confusões
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O USB Implementers Forum (USB-IF), organização sem fins lucrativos responsável por definir os protocolos relacionados ao padrão USB, apresentou na quinta-feira (30) novos logotipos de certificação de potência para os cabos USB-C. As mudanças objetivam evitar confusão na hora de adquirir o acessório.

Segundo a entidade, os novos logos permitem ao usuário identificar de maneira mais fácil os recursos de carregamento dos cabos USB-C certificados, compatíveis com uma ampla gama de eletrônicos. Uma atualização recente permitiu elevar o suporte para 240W, mas nem todos os acessórios disponíveis comportam essa potência máxima.

Além de destacar se o cabo suporta 60W ou 240W de potência de carregamento com um design renovado, o USB-IF também atualizou os selos de certificação USB4. A partir da mudança, fica mais fácil saber qual é a velocidade máxima de transferência de dados do produto que você está utilizando (20 Gbps ou 40 Gbps).

Novos logotipos para os cabos USB-C certificados.Novos logotipos para os cabos USB-C certificados.Fonte:  USB-IF/Divulgação 

Como é possível encontrar uma maior lentidão em relação aos dados (20 Gbps de transferência) e a maior velocidade de carregamento (240W) no mesmo produto, ou vice-versa, o grupo também criou um logo para acabar com essa dúvida. A nova classificação indica que o acessório suporta as maiores velocidades em ambas as categorias.

Combate à pirataria

Evitar as confusões ao comprar e usar um cabo USB tipo C não é a única proposta da atualização. Segundo o USB-IF, os novos selos também são uma forma de incentivar os consumidores a adquirir exclusivamente os produtos originais e certificados, o que pode reduzir as chances de problemas com os equipamentos.

Como apenas os acessórios certificados pela entidade exibirão os logotipos redesenhados, ela acredita que isso estimulará os compradores a optarem por fontes confiáveis, combatendo à pirataria. As novas marcas devem começar a aparecer nas embalagens dos produtos em breve.