Moto E20: veja o que o novo celular da Motorola oferece

3 min de leitura
Imagem de: Moto E20: veja o que o novo celular da Motorola oferece
Imagem: Motorola/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O novo celular da Motorola, Moto E20, vem como uma alternativa para quem quer um celular de entrada atualizado e com novidades nas funcionalidades. Há alguns anos a Motorola já vem lançando ótimos e competitivos aparelhos entrada, e o Moto E20 chega com algumas mudanças interessantes, outras que podem deixar a desejar.

O modelo chega com uma tela grande para quem ama assistir filmes e séries, uma boa câmera para sua faixa de preço e uma bateria duradoura. Essas funcionalidades pouco vistas em conjunto nos celulares abaixo de mil reais tornam o Moto e20 uma das melhores opções para quem quer trocar de aparelho em 2021.

Confira abaixo mais detalhes sobre os pontos positivos e negativos do novo Motorola Moto E20.

Conheça o Moto E20

Imagem: Smartphone Motorola Moto E20, 32 GB
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartphone Motorola Moto E20, 32 GB

Os filmes e as videochamadas ficam muito melhores em uma tela ultra-wide. A tela Max Vision de 6,5? HD+ tem uma proporção de 20:9 para você ver tudo sem rolar para lá e para cá.

Tela

O Moto e20 conta com uma tela LCD Ultra HD de 6,5 polegadas e proporção de 20:9, ideal para experiências mais imersivas e cinemáticas na palma da mão. Sua tela grande com frequência de 60Hz permite também assistir conteúdos com maior conforto e menos irritação aos olhos em relação a modelos mais compactos e tão comuns na mesma faixa de preço.

Câmera

Esse celular da Motorola conta com duas lentes traseiras, uma principal de 13MP e outra de profundidade, de 2MP. Juntas, elas trabalham para oferecer ao usuário uma câmera de ótima qualidade com capacidade de foco rápido, permitindo desfocar o plano de fundo das imagens para obter fotos mais belas. Já o modo vídeo permite gravações em qualidade Full HD em até 30fps.

O Moto E20 possui câmera traseira dupla de 13 MP +2 MPO Moto E20 possui câmera traseira dupla de 13 MP +2 MPFonte:  Motorola/Reprodução 

Já a câmera frontal de 5MP dá conta de qualquer eventual vídeo chamada, apesar de oferecer imagens menos nítidas e vívidas em comparação a câmera traseira. O novo Motorola também não conta com Flash dedicado para a câmera frontal, sendo usada a própria tela do dispositivo para iluminar selfies (o que tem se tornado padrão até para os aparelhos top de linha).

Bateria

No quesito bateria, são 4000 mAh, com autonomia de até 40 horas entre recargas. O aparelho segue a tradição da linha Moto E, consumindo pouca bateria enquanto entrega um ótimo desempenho. Infelizmente, o modelo não conta com a função de fast charging, porém possui  conector com entrada tipo C, que é fácil de encontrar e pode ser utilizado em outros eletrônicos.

Desempenho

Apesar de contar com um processador T606 Unisoc de 1,6 GHz e Android 11 Go Edition — perfeitamente adequados para um celular de entrada —, o aparelho conta com somente 2GB de memória RAM. Isso acarreta em pequenos engasgos e demora para iniciar certos programas quando houverem muitas abas ou apps abertos simultaneamente.

E quanto ao armazenamento, esse celular da Motorola vem com 32GB de memória interna. O que pode ser insuficiente para usuários que gostam de tirar muitas fotos, gravar vídeos ou possuem muitos aplicativos. Nesse caso, é recomendado adicionar um cartão de memória SD ao slot incluso no E20 para salvar arquivos mais pesados.

Uma inclusão positiva é a certificação IP52, que garante ao Moto E20 resistência leve a água, como se molhar um pouco na chuva ou derramar um copo d'água acidentalmente próximo ao mesmo.

O leitor de digital na parte traseira é uma novidade para a linha Moto EO leitor de digital na parte traseira é uma novidade para a linha Moto EFonte:  Motorola/Reprodução 

Por fim, além de permitir o uso simultâneo de até dois chips de operadoras diferentes, um dos melhores extras que vem com esse novo Motorola é o leitor de digitais na parte traseira, função que ainda não é tão comum em celulares de entrada. E, além de maior segurança, traz ao usuário uma forma rápida e prática de desbloquear o aparelho.

O Moto E20 vale a pena?

Este novo Motorola traz novidades interessantes para um celular de entrada, com boa bateria, tela grande, com qualidade de imagem, e também o leitor de digitais. Mas a memória interna de 32 GB e a memória RAM de 2 GB é um ponto que desvaloriza o produto e pode não ser satisfatório aos usuários.

Pelo preço atual, na faixa de R$ 900, talvez seja mais interessante esperar uma redução no valor ou procurar um modelo que ofereça mais memória, para garantir melhor fluidez no uso e mais espaço para armazenar arquivos.