Novo Kindle Paperwhite: o que mudou em relação ao anterior?

1 min de leitura
Imagem de: Novo Kindle Paperwhite: o que mudou em relação ao anterior?
Imagem: Amazon/Divulgação
Avatar do autor

A Amazon apresentou nessa terça-feira (21) a nova geração do Kindle Paperwhite, que chega com duas versões já disponíveis na pré-venda. Além do preço maior, elas trazem algumas diferenças em relação ao modelo anterior.

Conheça, a seguir, as principais mudanças.

Tela e design

A tela maior dos novos e-readers da Amazon chama a atenção com 6,8 polegadas, contra 6 polegadas do Paperwhite anterior. O visor também ganhou bordas mais finas, permitindo um melhor aproveitamento do espaço frontal.

A tela está maior e tem um design diferente.A tela está maior e tem um design diferente.Fonte:  Amazon/Divulgação 

Há, ainda, um novo conjunto de retroiluminação com 17 LEDS (o antigo tinha cinco), e a possibilidade de ajustar a temperatura da luz. Já a resolução continua a mesma (300 ppi), assim como a certificação IPX8 de impermeabilidade e a capacidade de armazenamento (8 GB).

Bateria

No quesito bateria, mais uma boa notícia para os usuários, pois o Novo Kindle Paperwhite tem autonomia cerca de 67% maior. Dessa forma, o dispositivo garante mais tempo de leitura e uma menor preocupação em relação à tomada.

A nova geração traz bateria com maior duração.A nova geração traz bateria com maior duração.Fonte:  Amazon/Divulgação 

De acordo com a Amazon, uma carga completa possibilita usar o aparelho por até 10 semanas, variando conforme as condições de uso. O Wi-Fi ligado e o nível de iluminação elevado, por exemplo, reduzem a autonomia.

Carregamento (USB-C e sem fio)

Entre as mudanças na 11ª geração do Kindle Paperwhite, uma das mais significativas é a chegada da tecnologia de carregamento sem fio. Ela está presente na versão Signature Edition, que traz alguns diferenciais em relação ao modelo básico, incluindo a maior capacidade de armazenamento (32 GB).

O e-reader ganhou entrada USB-C.O e-reader ganhou entrada USB-C.Fonte:  Amazon/Divulgação 

Primeiro e-reader da marca com esse recurso, ele gasta cerca de 2,5 horas para atingir o nível máximo da carga. O modelo não vem com o carregador, mas é possível utilizar qualquer acessório compatível com o padrão Qi. Vale lembrar que a conexão também mudou, com a troca do padrão micro USB pelo USB-C.

Preços

O Kindle Paperwhite Signature Edition, que traz ainda sensor para ajuste da temperatura da luz conforme o ambiente e botões de virada de página, custa R$ 849. Já a variante padrão tem preço sugerido de R$ 649, enquanto a geração passada está à venda por R$ 499.

Imagem: Kindle Paperwhite
Imagem: Tecmundo Recomenda

Kindle Paperwhite

Possui iluminação embutida e à prova d'água para poder curtir melhor as suas leituras a qualquer momento e em qualquer lugar, seja na mesa da cozinha, na piscina e até na banheira, sem preocupações.

Imagem: Novo Kindle Paperwhite
Imagem: Tecmundo Recomenda

Novo Kindle Paperwhite

Agora com tela de 6,8” e bordas mais finas, temperatura de luz ajustável, bateria com duração de até 10 semanas e 20% mais rápido para virar as páginas.

Imagem: Kindle Paperwhite Signature Edition
Imagem: Tecmundo Recomenda

Kindle Paperwhite Signature Edition

Aproveite tudo o que o novo Kindle Paperwhite oferece, além de carregamento sem fio, luz frontal adaptável e armazenamento de 32 GB