Balança inteligente Huawei Scale 3 REVIEW: só faltou medir o peso da alma

7 min de leitura
Imagem de: Balança inteligente Huawei Scale 3 REVIEW: só faltou medir o peso da alma
Imagem: Huawei
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

Muita gente entra no mundo dos relógios inteligentes não por causa da conectividade com os smartphones, mas sim porque eles rastreiam dados da saúde do usuário. Os mais avançados monitoram não só batimentos cardíacos, mas também a pressão, o nível de oxigênio no sangue, a qualidade do seu sono, a prática de exercícios e o gasto de calorias, entre outros.

Então, é para pessoas que se preocupam com isso que a Huawei fez a Scale 3, uma balança inteligente que consegue fazer uma quantidade enorme de medidas sobre o um corpo, mostrando muitas informações que os relógios smart e as balanças comuns não revelariam.

O dispositivo consegue definir não só o peso, mas quanto dele é massa magra, material mineral nos ossos, gordura, água e mais um monte de informações para o usuário ficar de olho na saúde e nos objetivos a serem alcançados ao fazer exercícios e dietas. Só que mesmo com tudo isso, há vários problemas nesse aparelho, então se você está pensando em comprar um, vale a pena ler esta análise até o final para fazer uma escolha melhor, com mais informação.

Design

Antes de mais nada, vamos falar do design da balança. Por baixo, ela é feita de um plástico ABS de boa qualidade na cor branca, incluindo aqui a tampinha do compartimento das pilhas, que sai fácil se puxar na barra, mas fica firme no lugar.

Para "alimentar" a balança, são necessárias quatro pilhas AAA, também conhecidas como pilhas-palito, porque a balança não tem bateria própria. Nesse mesmo compartimento, fica o botão "Reset", caso você queira restaurar as configurações de fábrica da balança.

Huawei Scale 3 Fonte: Huawei

Os quatro pés dela também estão na parte debaixo, têm bases emborrachadas para não escorregarem quando alguém estiver em cima da balança e atuam todos juntos para servir como o sensor de pressão que a balança vai usar para medir o peso de fato. Por esse motivo, como qualquer balança, ela só vai funcionar em plena capacidade se estiver posicionada em alguma superfície firme e nivelada.

Por cima, a balança inteira é coberta por um vidro temperado, que é um tipo bem resistente de vidro, mas "vidro é vidro", então é melhor evitar jogar a balança por aí, martelar, chutar ou pular em cima. Espalhados ali também estão os quatro discos metálicos que servem de eletrodos para a balança conseguir medir todas os outros aspectos além de peso.

Basicamente, quando se sobe ali e encosta dois eletrodos em cada pé, a balança dispara uma corrente elétrica por um pé que percorre o corpo e sai pelo outro, então é assim que ela faz as medidas. Não precisa se preocupar, porque essa corrente é tão baixa que não é possível sentir absolutamente nada.

Ainda na parte de cima da balança está o painel de LED bem discreto, que fica totalmente invisível até subir na balança (só aí ele se acende para mostrar o peso, o percentual de gordura, os batimentos cardíacos no momento da medição e outros indicadores de status da balança, como a conexão Bluetooth, por exemplo). É um visual bem-moderno e elegante que só está disponível na cor branca.

Dificuldades

Depois de subir na balança e esperar ela fazer todas as medições, a tela dela por si só vai mostrar o peso, o percentual de gordura corporal e os batimentos cardíacos, e mesmo isso ela só mostra se a pessoa estiver totalmente descalça ao pisar nos eletrodos ou no máximo usando meias, mas mesmo isso eu não sei se pode afetar os resultados dependendo do material das meias. Usando um calçado, a balança vai medir só o peso mesmo.

Aliás, nesse ponto, eu percebi que a balança parece ter bem mais dificuldade em medir a gordura corporal de mulheres. No caso da minha noiva, a balança demorou bastante para registrar os dados e só exibiu tudo depois de alguns minutos, e no caso da minha mãe ela não mostrou nem no visor que conseguiu medir algo além do peso e não registrou nada na hora. Só no dia seguinte fui ver que ela tinha sim registrado as informações como as de uma pessoa não identificada, e aí eu atribui isso ao perfil da minha mãe. Já no meu caso e no do meu pai, o processo foi rápido e deu totalmente certo todas as vezes.

Para que ter acesso a todas as outras medições que a Scale 3 faz sobre o seu corpo vai precisar primeiro instalar o app Huawei Health no seu smartphone, o que pode ser um pouco confuso dependendo do sistema operacional do smartphone.

No iOS, é só baixar o aplicativo na App Store, fazer login ou criar uma conta da Huawei. Depois, clique em “Dispositivos”, “Adicionar”, “Balanças de Gordura Corporal” e espere uma breve atualização, aí já é possível escolher a Huawei Scale 3 na lista. Depois disso, é só seguir as instruções na tela para parear a balança com o celular via Bluetooth.

Já no Android, não é tão simples assim. O Huawei Health está disponível na Play Store, mas quando o app é baixado por lá e se clica nas balanças para ver as opções, a Huawei Scale 3 não aparece como uma das opções – e escolher outro modelo não dá certo. Para conseguir parear a balança, primeiro tem que abrir um navegador no celular e ir para o site da marca. De lá, precisa baixar o aplicativo Huawei AppGallery, que é a loja de apps da empresa, e aí tem que autorizar a instalação de aplicativos de fontes externas no celular, fazer o login e usar esse aplicativo para baixar o app Huawei Health por lá.

Ambos esses apps são gratuitos, pelo menos. Só então, fazendo o login nessa versão do Health que a Scale 3 aparece como uma das opções de balanças e então é possível fazer o resto do processo de paramento no celular Android. É uma chatice, mas dá certo, e eu imagino que seja algo fácil da Huawei corrigir em uma atualização na versão do app que está na Play Store. Se ela já tiver feito isso quando você estiver lendo este texto, deixe um comentário avisando, que todos os interessados agradecerão.

Huawei Scale 3 Fonte: Huawei

Funcionalidade

Com o pareamento feito, você pode clicar no card de peso da área principal do aplicativo para ver os seus dados. Se não tiver nada ainda, clique em “Pesar”, no Android, ou “Medir”, no iOS, e siga as instruções para fazer novas pesagens, deixando o app registrar tudo.

Os detalhes salvos ficam registrados no perfil da pessoa que estiver logada no app, mas, se mais de uma pessoa for usar a balança, você pode criar perfis individuais para cada uma e aí mudar na hora de fazer a medição ou então, se algum convidado estiver curioso e você não quiser criar um perfil e deixar os dados da pessoa salvos no seu celular, dá para clicar na balança na aba "Dispositivo do aplicativo" e escolher a opção "Medição de convidado". Aí ele faz o processo todo, mostra os resultados, mas não salva as informações.

Os dados completos registrados pela Scale 3 incluem não só o peso, mas também o Índice de Massa Corporal (IMC) baseado na altura informada ao app. Isso vai dizer se há um peso muito baixo, saudável, acima do peso ou com obesidade. Ela também registra a taxa de gordura corporal, que é quantos porcento do seu corpo é de gordura, massa muscular esquelética (que é o peso dos músculos que te dão força para se mexer) e gordura visceral — que é aquela que fica na barriga e aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

A balança também mede a taxa metabólica basal, que é quantas calorias você gasta por dia; o percentual de água no corpo, mostrando o quanto do seu corpo é feito de água no momento; o conteúdo mineral ósseo, que se refere ao peso das partes não orgânicas dos ossos; o percentual de proteínas; a massa livre de gordura, a qual corresponde a quanto você pesaria se não tivesse gordura; e, por fim, mostra o batimento cardíaco.

Tudo isso é importante para quem quer acompanhar de perto as mudanças no próprio corpo, especialmente se estiver incerto quanto aos resultados de uma nova rotina de exercícios ou de uma dieta em particular que está praticando. Além de mostrar tudo isso, registrado no dia, o app permite acompanhar a evolução em gráficos por semana, mês ou ano.

Vale a pena?

O site oficial da Huawei no Brasil aponta que quem quiser comprar uma Scale 3 para dois revendedores, em um deles a balança sai por R$ 270 em até 5 vezes no cartão de crédito ou por R$ 228 à vista no boleto — mas, de vez em quando, é possível encontrar promoções com valores perto dos R$ 180. Esse é um valor caro para quem só quer uma balança, mas é um preço bem próximo do de rivais similares, como a opção da Xiaomi, por exemplo.

Por mais que toda a questão da dificuldade com o app de Android seja um incômodo, isso dá para resolver, como eu mesma fiz antes da Huawei atualizar o app. Portanto, se você está realmente a fim de ter acesso a todas essas medições, o maior impedimento é a dificuldade que ela parece ter para fazer as medições de algumas pessoas, ou seja, se for comprar sem testar antes, melhor ficar ligado no prazo de devolução caso ela não funcione com você.

O que você achou da Huawei Scale 3? Mande sua opinião e suas dúvidas aí nos comentários abaixo.

Imagem: Balança Digital Wi-fi e Bluetooth Huawei Scale 3
Imagem: Tecmundo Recomenda

Balança Digital Wi-fi e Bluetooth Huawei Scale 3

Com visor em LED, esta balança digital mostra todos os dados sobre a saúde do seu corpo como IMC, percentual de água, batimentos cardíacos, e etc. Para quem quer ter todos os detalhes da sua saúde e busca viver mais saudavelmente.