Entenda o que é o dpi do mouse

3 min de leitura
Imagem de: Entenda o que é o dpi do mouse
Imagem: Tecmundo | Divulgação
Avatar do autor

Escolher um mouse já não é como antigamente. Para esse acessório, inúmeras tecnologias foram criadas com o objetivo de deixá-los cada vez mais ergonômicos, confortáveis e, claro, muito mais precisos.

Especialmente em games como CS:GO, Valorant, Overwatch e Rainbow Six Siege, em que a precisão do mouse conta muito para eliminar seus inimigos, a sensibilidade nunca foi tão requisitada.

É aí que entra o DPI, um padrão utilizado para medir a sensibilidade do seu mouse. Neste guia do TecMundo vamos te ajudar a entender o que essa sigla significa e como você pode alterar as configurações para adaptar a sensibilidade para padrões mais confortáveis e/ou velozes, seja navegando no computador, acessando um software específico ou especialmente nos games. Confira!

O que significa DPI?

DPI é uma sigla que vem do inglês, que significa “dots per inch”, ou “pontos por polegada” na tradução para o português. Tecnologicamente, isso significa a quantidade em números de pontos por polegada que podem ser detectados pelo mouse naquele momento, permitindo que o ponteiro (a "setinha") seja o mais preciso quanto necessário.

. TecMundo

Porém, é interessante saber que essa variável de sensibilidade muda muito de um modelo de mouse para outro. Os acessórios mais convencionais e, consequentemente mais baratos, já são fabricados com um padrão de 1000 DPI, sem possibilidade de alteração. Ao adquirir mouses melhores e com construções mais robustas, as chances de você poder alterar o DPI, ou seja, a sensibilidade do mouse é maior.

Como altera o DPI do mouse?

Mudar o DPI pode ser feito de três formas: nas configurações do seu Windows, a partir de um botão padrão no próprio mouse ou através de um software disponibilizado pela fabricante do periférico.

Em mouses convencionais sem um botão de troca de DPI ou software como as demais opções, a única maneira de alterar é por meio do Windows. Para isso:

.  TecMundo
  1. acesse o menu do Windows pelo teclado ou clicando no logotipo no canto inferior esquerdo do seu desktop;
  2. na área de pesquisa, digite “Alterar suas configurações do mouse” e clique na opção correspondente;
  3. agora clique em “Opções adicionais de mouse”, localizada no canto superior direito da tela;
  4. abrirá uma janela chamada “Propriedades de Mouse”, com várias opções de configurações para o periférico dividida em guias. Clique na guia “Opções de ponteiro”;
  5. a primeira opção, chamada de “Movimento”, mostra o nível atual de velocidade do ponteiro. Arraste o marcador para a direita ou esquerda para alterar o DPI do mouse;
  6. para funcionar, não esqueça de deixar a caixa “Aprimorar precisão do ponteiro” marcada.

A segunda opção já é bastante comum e não necessita de um investimento tão alto, já que você pode encontrar mouses nas lojas com construções em 6 botões: os dois principais (esquerdo e direito), o scroll ou botão de rolagem, botões adicionais na lateral esquerda e o botão do DPI, que altera a padronização do DPI a cada clique, algumas vezes alterando a cor RGB para representar a mudança.

Algumas fabricantes oferecem um software exclusivo para configurações como o DPI do mouseAlgumas fabricantes oferecem um software exclusivo para configurações como o DPI do mouse.Fonte:  Tecmundo

Já a última opção é normalmente oferecida por mouses gamers de marcas mais populares, como Razer, HyperX, Logitech, Redragon entre outros. Neste caso, a fabricante oferece um software próprio, no qual o usuário pode escolher o DPI e outras funcionalidades, como cores RGB e padronização dos botões laterais, por exemplo.

Como escolher o mouse pelo DPI

Atualmente, o DPI é um dos pontos que devem ser considerados na hora de escolher o melhor mouse. Mesmo que você tenha um perfil de jogos mais casual, um mouse gamer com boa sensibilidade faz diferença no conforto e na aplicação de tarefas simples no computador.

Porém, DPI também não é tudo. Muitos mouses vão além do que você precisa. Mouses com DPI variando até a casa de 5 ou 6 mil já são ótimos modelos, mas as opções podem chegar a 25 mil ou mais. E, de nada adianta um bom número de detecção de pontos, se o sensor usado no periférico não é de boa qualidade. Fique atento!

Em termos de mouse, não faltam opções no mercado: com botão de DPI, sem fio, com software, com RGB, para cada tipo de pegada no mouse, com botões extras e outras funcionalidades que só deixam esse acessório ainda melhor.

Gostou das nossas dicas? Fique ligado no TecMundo, o portal para você ficar conectado com o mundo da tecnologia.