TV para jogos: o que muda de uma LCD para uma OLED?

6 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: TV para jogos: o que muda de uma LCD para uma OLED?
Avatar do autor

Na mesma medida que os jogos, a tecnologia dos displays evolui constantemente. Os televisores de tubo já representam um passado muito distante, e hoje temos a tecnologia OLED como a definitiva para quem busca a melhor experiência em games (essa opção é a mais "evoluída" porque apresenta melhor qualidade de imagem, proporcionando uma experiência mais imersiva para os jogadores). Além disso, o tempo de resposta baixíssimo e alguns recursos exclusivos de certos modelos tornam essas televisões ideais para jogos.

Mas qual é o diferencial das TVs OLED para games e por que os jogadores deveriam escolher esses modelos em vez de uma tradicional LCD que utiliza LED comum como backlight? Presente nos televisores da LG, a tecnologia OLED realmente pode mudar a forma como os players se relacionam com o conteúdo.

Tecnologia para TVs gamers

LG OLEDLG OLED é a evolução natural das tecnologias de TV. (Fonte: LG/Reprodução)

Na época de consoles como Mega Drive, Super Nintendo e PlayStation, a tecnologia predominante em televisores era CRT TV, das famosas TVs de tubo. Nos anos 2000, alguns video games, como PS2, Game Cube, Dreamcast e Xbox, começaram a ter como parceiras televisões cada vez mais finas e com tecnologias novas, como LCD, plasma e LED. Esses últimos três tipos de painel (e as variações deles) acompanharam os jogadores ao longo dos últimos anos.

Na mais recente geração de consoles – PlayStation 5 e Xbox Series X –, é possível contar com uma tecnologia que supera as outras em diversos aspectos. As TVs gamers OLED são ainda mais finas, oferecem mais nitidez, têm definição maior e tempo de resposta baixíssimo, detalhes que fazem toda a diferença na hora de jogar. Essa tecnologia é a evolução natural para os gamers que buscam sempre o melhor em sua jogatina.

O que muda em uma TV gamer OLED?

Já entendemos que as TVs OLED para jogos representam o próximo nível para os jogadores que não querem ficar parados no tempo, mas o que essa tecnologia pode oferecer de bom para os gamers, em especial, para ter uma experiência diferenciada e ajudar na hora dos jogos?

É isso o que vamos entender agora. Confira os benefícios de ter uma smart TV para jogos OLED.

Contraste infinito

LG OLEDTecnologia OLED tem o que é chamado de contraste infinito. (Fonte: LG/Reprodução)

Parte da experiência de jogos é proporcionada pelos gráficos de qualidade. Embora os games e o hardware desempenhem um papel importante nesse aspecto, a TV para jogos pode contribuir (ou não) para oferecer mais imersão aos jogadores.

Se você já experimentou assistir a uma televisão LCD em um ambiente escuro, deve ter percebido que partes do display que deveriam estar totalmente pretas emitem uma pequena quantidade de luz. Isso acontece porque esse tipo de TV tem backlights (luzes de fundo) de LED, que são responsáveis por iluminar o painel.

Esse fenômeno produz o que é chamado de vazamento de luz e afeta o contrast ratio, ou taxa de contraste, que faz referência à diferença entre os pontos mais brilhantes e os mais escuros de uma tela.

Nos painéis OLED isso não acontece porque os pixels que se autoiluminam são totalmente desligados, reproduzindo um preto perfeito e cenas verdadeiramente escuras. Nesses modelos, dizemos que o contraste é infinito.

Em games com ambientação mais sombria, isso pode fazer toda a diferença; já em títulos com uma pegada mais artística, os cenários ficam ainda mais belos do que os vistos em uma televisão gamer LCD convencional.

Baixíssimo tempo de resposta

LG OLEDA transição rápida dos pixels da tela garante um tempo de resposta baixo para jogos. (Fonte: LG/Reprodução)

Um aspecto importantíssimo para os jogadores é o tempo de resposta de uma televisão para jogos. Esse detalhe técnico nada mais é do que a quantidade de tempo que um pixel de uma TV demora para fazer uma transição completa e mudar totalmente de cor. Nem é preciso dizer o que aconteceria se esse tempo fosse muito alto e o quão prejudicial isso poderia ser para partidas competitivas, por exemplo.

Diferentemente das TVs LCD com backlight LED, as televisões OLED da LG têm os já mencionados pixels que se autoiluminam e são capazes de mudar rapidamente de estado. Graças a essa tecnologia, os modelos da marca podem oferecer um tempo de resposta de apenas 1 milissegundo.

Esse é um registro de tempo bem baixo e isso significa que uma ação no jogo é exibida quase instantaneamente na tela da TV gamer. Para se ter uma noção, alguns televisores podem ter um tempo de resposta de 6 a dez 10 mais demorado do que os modelos da LG, causando o efeito motion blur, ou fantasma, durante as partidas. TVs de LCD convencionais são 6 vezes mais lentas do que o modelo OLED nesse aspecto.

As TVs para jogos OLED da marca também se destacam pelo baixíssimo input lag, que é a diferença entre a entrada de um sinal eletrônico (o pressionar de um gatilho, por exemplo) e a reprodução dessa ação na televisão. Para completar o pacote, as smart TVs da LG contam com o modo Game, que reduz a latência de exibição, o desfoque de movimento e os fantasmas no display a níveis quase imperceptíveis.

As melhores tecnologias

LG OLEDOs modelos da marca contam com suporte às novas tecnologias da categoria de TV. (Fonte: LG/Reprodução)

Para acompanhar a evolução constante dos consoles, as TVs precisam dar suporte às novas tecnologias que vão surgindo no mercado. NVIDIA G-Sync e AMD FreeSync são duas tendências relacionadas à sincronização da quantidade de frames reproduzidos pelos video games e exibidos pelos televisores, o que resulta em imagens mais suaves e sem cortes.

As TVs para jogos OLED da LG contam com o suporte a essas duas tecnologias, sendo as primeiras do mundo compatíveis com o G-Sync. Isso mostra o comprometimento da empresa em estar alinhada com as novas tendências do mercado. Na prática, isso significa que os jogadores experimentarão games com gráficos suaves, sem quebras na imagem. Isso acontece exatamente por conta da sincronização de quadros por segundo da TV e do video game.

Além disso, essas TVs têm compatibilidade com recursos como ALLM (modo automático de baixa latência) e eARC (canal de retorno de áudio melhorado), especificações do protocolo HDMI 2.1. Essas tecnologias possibilitam a exibição de conteúdos em resolução maior, movimentos rápidos de imagem e gráficos mais suaves e sincronizados.

Por fim, também precisamos mencionar o Dolby Vision. Essa tecnologia é capaz de trabalhar com especificações técnicas mais avançadas do que o HDR tradicional, elevando os níveis de brilho, cor e contraste de forma automática para oferecer uma qualidade excelente a cada detalhe da imagem.

Processamento para imagens perfeitas

Outra característica que vale a pena ser mencionada nos televisores da LG é a presença do novo processador AI a9 de 3ª geração. Esse componente entrega uma experiência espetacular de imagem e som. O resultado é a capacidade de reproduzir cenas em resolução 4K a 120 quadros por segundo e com a tecnologia HDR.

O processador ainda tem a tecnologia de deep learning AI Pictore Pro, que foi desenvolvida a partir de um vasto banco de dados para otimizar ainda mais as imagens. Essa técnica reconhece a qualidade do conteúdo, removendo o ruído e melhorando o contraste e a saturação das cenas.

A melhor TV para jogos

Não foi por acaso que a televisão OLED da LG foi considerada a melhor TV para jogos. Os modelos da marca, capazes de rodar imagens em 4K com 120 Hz e HDR, realmente oferecem as tecnologias necessárias para possibilitar a melhor experiência em games com os consoles da última geração. Esse é o poder dos pixels que se autoiluminam.

Mas é importante reforçar que as smart TVs da LG também se destacam por outros motivos. Os modelos da marca têm design diferenciado, com bordas finíssimas que fazem o painel parecer uma obra de arte. A inteligência artificial ThinQ AI permite aos jogadores enfrentar longas maratonas sem pausar para aumentar o volume, acender as luzes e realizar outras ações desse sistema.

A qualidade sonora também merece ser mencionada, já que os efeitos de áudio proporcionados pelo processador AI a9 de 3ª geração são perceptíveis. Por meio da tecnologia de reconhecimento espacial, o AI Acoustic Tuning compreende o espaço e reconhece a localização do jogador para fornecer todas as nuances do som.

E então? Ficou interessado nas televisões para jogos OLED da LG? Visite este link e conheça os modelos disponíveis.

Fontes

TV para jogos: o que muda de uma LCD para uma OLED?