Casas inteligentes: o que são e por que trazem segurança

3 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: Casas inteligentes: o que são e por que trazem segurança
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

Já imaginou chegar em casa após um dia cansativo e com poucos toques na tela do celular ou um comando de voz executar diversas funções que facilitariam a vida e economizariam tempo?

O avanço da tecnologia está tornando ferramentas inovadoras mais acessíveis ao público e transformando, com poucas mudanças, residências “comuns” em casas inteligentes. A projeção é que já existam entre 900 mil e 2 milhões de casas inteligentes só no Brasil, número que cresceu mais de 33,3% desde 2015.

Marcas como a LG desenvolvem todos os dias novos recursos e produtos para que os cômodos da casa possam se tornar integrados e facilitar a vida dos moradores.

Casas inteligentes: o que são?

A definição e grande objetivo de uma casa inteligente é ter diversos recursos de automação que prometem tornar a vida mais tranquila.

Vantagens de uma casa inteligente

Segurança, personalização e economia. As casas inteligentes prometem gerar conforto, facilitando a vida de muitas famílias com recursos cada vez mais acessíveis e rentáveis. Com a possibilidade de ajustar intensidade e potência e personalizar a usabilidade de aparelhos e eletrodomésticos, a economia de energia faz valer o preço que se paga pelos gadgets, principalmente graças à economia no longo prazo.

Já a segurança é garantida por alarmes com sensores de movimento e calor, além de monitoramento 24 horas e a distância, fechaduras inteligentes e sistemas biométricos, tudo controlado em aplicativos, o que garante que apenas pessoas estritamente autorizadas possam entrar no espaço.

Idosos podem encontrar em uma casa inteligente uma tecnologia que compreende suas necessidades e auxilia nas tarefas diárias. Lâmpadas que acendem automaticamente ao sentir o movimento, por exemplo, em uma gaveta de remédios ou o controle da maioria dos eletrodomésticos pelo smartphone.

Uma casa inteligente também é ideal para pessoas com deficiência (PcD), porque pode tornar ajustáveis prateleiras que sobem e descem com a ajuda de botões e conectar lâmpadas à campainha, permitindo que pessoas com dificuldades auditivas percebam com facilidade a presença de alguém na porta.

O que pode ser automatizado em uma casa inteligente?

Diversos produtos destinados a quem quer ter uma casa inteligente contam com recursos de conectividade Wi-Fi e inteligência artificial, integrando eletrodomésticos com o smartphone por aplicativos. Com eles, é possível controlar, de onde você estiver, as configurações de eletrodomésticos inteligentes, como:

  • ligar o ar-condicionado para chegar em casa e o cômodo de sua preferência estar resfriado;
  • controlar a temperatura da geladeira e do freezer para comportar as compras de mercado de forma ideal, com congelamento expresso ou modo de economia de energia quando for viajar;
  • verificar o status de lavagem e secagem de máquinas de onde quer que esteja e até configurar o ciclo a distância;
  • controlar as principais funções da TV por aplicativo.

Você ainda pode verificar e receber, a qualquer hora, alertas sobre o funcionamento dos aparelhos da casa, facilitando a resolução de problemas.

Um exemplo de aplicativo que desempenha todas essas funções é o ThinQ, da LG, que tem integração inclusive com a Alexa, dispositivo da Amazon com controle de voz, e com o Google Assistent, o que permite mais comodidade na hora de executar tarefas na casa inteligente.

Eletroeletrônicos feitos para casas inteligentes

É possível transformar uma residência comum em uma casa inteligente facilmente apenas com a troca de lâmpadas ou de eletrônicos e eletrodomésticos já utilizados na vida cotidiana da família. TVs como as da linha OLED da LG e monitores como o LG Ultragear LG27GP950 garantem imagens mais detalhadas e vívidas, tornando experiências prolongadas mais tranquilas e confortáveis. A qualidade sonora das TVs também é um ponto alto na experiência do usuário.

Na cozinha, novas linhas de geladeiras inteligentes são capazes de realizar economia de energia. A LG Instaview Indoor tem um vidro que se ilumina com dois toques, permitindo a visualização do conteúdo interno sem abrir e fechar a porta. Isso garante a diminuição de 41% da perda de ar frio, mantendo o frescor dos alimentos e economizando energia.

Até na lavanderia é possível fazer uma intervenção. Máquinas de lavar e secar como a LG Wash Tower executam com confiabilidade as necessidades, tornando possível o acesso a informações como a duração do processo e a definição automática do programa de lavagem ideal para cada situação.

O futuro está mais próximo do que nunca, mostrando que poucas mudanças são necessárias para levar mais conforto e segurança para sua residência: as casas inteligentes são as casas do amanhã — só que hoje.

Fontes

Casas inteligentes: o que são e por que trazem segurança