Signify lança no Brasil iluminações que inativam o coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Signify lança no Brasil iluminações que inativam o coronavírus
Imagem: Signify/Reprodução
Avatar do autor

Equipe TecMundo

@tec_mundo

A Signify, empresa detentora da marca Philips, anunciou nesta semana o lançamento no Brasil de três soluções de iluminação UV-C para desinfecção de ar, superfície e objetos. De acordo com a marca, a luz dos aparelhos consegue inativar 99% do vírus SARS-Cov-2 (coronavírus) em uma superfície em 6 segundos.

A companhia explicou que as soluções lançadas são voltadas para o setor comercial. Os produtos podem ser utilizados em espaços fechados como escritórios, clínicas, hotéis, escolas, indústrias e transporte público.

Segundo a empresa, a eficácia das fontes de luz UV-C foi validada em testes de laboratório pela Universidade de Boston. Os raios de luz também quebram o DNA e/ou RNA de outros microrganismos além do coronavírus, como bactérias. As lâmpadas emitem um pico de radiação a 254nm próximo ao pico de eficiência germicida, o que é suficiente para desinfetar o ambiente.

Iluminação Signify

A Signify pontua que são três as tecnologias que estão chegando ao país:

  • Câmaras de desinfecção: segundo a empresa, podem ser usadas em portarias de condomínios e edifícios comerciais para desinfetar crachás de visitantes, telefones, bolsas, laptops e carteiras, por exemplo;
  • Luminárias: servem para a utilização de ambientes com pessoas, já que são instaladas a uma altura que, em combinação com blindagem especial, evita a exposição direta à fonte de luz UV-C. Elas desinfectam o fluxo natural de ar do cômodo, podendo ser usada em escolas, escritórios, academias e lojas;
  • Veículo de desinfecção UV-C Philips: ele foi projetado para desinfetar até 36m² de área de cobertura circular e 20m² de área quadrada. Os controles de segurança integrados incluem um cronômetro para programar a esterilização por um período predefinido, controle remoto e alarme por voz. A Signify explica que ele é ideal para escritórios, bancos, escolas, lojas de varejo, salões de beleza e áreas de hospitalidade.