Xiaomi lança Redmi Note 10, 10 Pro e Pro Max; confira

2 min de leitura
Imagem de: Xiaomi lança Redmi Note 10, 10 Pro e Pro Max; confira
Imagem: Xiaomi/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi finalmente revelou a linha Redmi Note 10, com três novos smartphones, em evento realizado nesta quarta-feira (4) na Índia. O lançamento foi transmitido pelo canal da marca no Twitter.

O evento apresentou os modelos da linha: Redmi Note 10 , Redmi Note 10 Pro e Note 10 Pro Max. Os três contam com tela super AMOLED, carregamento rápido e processadores Qualcomm.

Redmi Note 10

O modelo Note 10 conta com uma bateria de 5.000 mAh, suportando um carregamento 50% mais rápido que o seu antecessor, o Redmi Note 9. Números oficiais mostram que o Redmi Note 10 leva apenas 25 minutos para carregar 50% da bateria. O processador é o Snapdragon, com 4 GB ou 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno.

O modelo tem a moldura extrafina - o celular pesa apenas 180g -, com tela AMOLED de 6,43 polegadas e resolução FHD+. O conjunto de câmeras tem design parecido com os modelos anteriores da marca, com três lentes. A principal tem 48 MP e a secundária é de 8 MP, com opções de efeito macro e de profundidade.

O Redmi Note 10 conta com alto-falantes estéreo e as funções de impressão digital na lateral e desbloqueio facial ainda estão disponíveis. O modelo de 64 GB deve chegar ao mercado com o preço de 11.999 rúpias (cerca de R$ 940, na conversão atual) e a opção com 128 GB custará 13.999 rúpias (cerca de R$ 1.096).

xiaomiOs modelos do Redmi Note 10 Pro e Pro Max estão disponíveis nas cores Gradient Bronze, Glacier Blue e Onyx Gray (Fonte: Xiaomi/Divulgação)

Redmi Note 10 Pro e Note 10 Pro Max

Tanto o modelo Redmi Note 10 Pro quanto o Note 10 Pro Max possuem tela AMOLED de 6,67 polegadas, com resolução FHD+ e menos consumo de energia. Ambos contam com o processador Qualcomm Snapdragon 732G, com 6 GB ou 8 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno.

A câmera é um dos grandes diferenciais do Pro Max. O modelo conta com uma lente de 108 MP, enquanto o Redmi Note 10 Pro tem sensor principal de 64 MP. As outras lentes compartilham as mesmas configurações, com funções macro e de profundidade, e câmera frontal tem 16 MP. Ambos os modelos oferecem certificação IP52, sistema Android 11, bateria de longa duração com 5020mAh e, diferente do Note 10, não possuem impressão digital na lateral, já que possuem sensor sob a tela.

Os modelos estão disponíveis nas cores Gradient Bronze, Glacier Blue e Onyx Gray. Os preços Redmi Pro e Redmi Pro Max vão de 15.999 rúpias (R$ 1.235) a 21.999 rúpias (R$ 1.698). Na Índia, a linha estará disponível na próxima segunda-feira (8), no site do AliExpress, mas ainda não há previsão para o lançamento no Brasil.

Imagem: Smartphone Xiaomi Redmi Note 9, 128GB
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartphone Xiaomi Redmi Note 9, 128GB

Possui tela em Full HD+ de 6,53 polegadas, câmera quadrupla, bateria de 5.020 mAh, 4GB de RAM e muito espaço.

Xiaomi lança Redmi Note 10, 10 Pro e Pro Max; confira