Nova dobradiça na base da hélice faz drone levantar um ser humano

1 min de leitura
Imagem de: Nova dobradiça na base da hélice faz drone levantar um ser humano
Imagem: Jean-Paul Reddinger
Avatar do autor

Em um artigo publicado recentemente no site Science Daily, o engenheiro de pesquisa aeroespacial norte-americano Jean-Paul Reddinger apresenta uma solução para aumentar a capacidade de carga e a rapidez de um veículo quadrotor do tamanho de um colchão king-size.

O professor Reddinger garante que uma nova dobradiça inventada por ele, instalada na raiz da lâmina do drone, próximo ao cubo, é capaz de elevar cargas úteis com o peso de um ser humano. Posicionado de forma que a inclinação da pá mude com a velocidade do rotor, o dispositivo também proporciona maior força de ascensão e controle.

Conforme o artigo, demora para que os motores elétricos muito leves consigam alterar a velocidade e o empuxo do rotor, o que acaba impactando a rapidez, o alcance e a estabilidade de voo do veículo, mas este novo acoplamento torna o empuxo mais sensível às mudanças na rotação por minuto (RPM).

Fonte: DHL/DivulgaçãoFonte: DHL/DivulgaçãoFonte:  DHL 

Quadricópteros robustos para entregas

Também chamados de quadricópteros, os quadrotores fazem parte de uma “família” de veículos aéreos não-tripulados (VANT’s) que possuem dois pares de rotores e hélices em contrarrotação. Essas aeronaves podem pairar, voar para frente e realizar decolagens e pousos verticais, semelhantes aos helicópteros.

Atualmente, diversas empresas se utilizam desses veículos aéreos para fazer entregas. No entanto, à medida que os quadricópteros vão se tornando maiores (para comportar mais carga), a inércia extra da pá do rotor os deixa mais lentos.

Até agora, explica Reddinger, a solução dos projetistas para essa questão da capacidade de resposta dos veículos tem sido colocar um prato oscilante (para controlar a inclinação da pá), ou apenas colocar rotores menores. O problema, diz o engenheiro, é que ambas as soluções pesam mais, diminuindo a capacidade de carga.

Com a nova dobradiça, ele garante que os quadratores grandes conseguem elevar cargas acima de 7,5 metros em menos de dois segundos, o que representa o dobro das velocidades atualmente disponíveis.

Nova dobradiça na base da hélice faz drone levantar um ser humano