Intel Core i9-11900K e i7-11700K vazam com clocks de até 5,3 GHz

1 min de leitura
Imagem de: Intel Core i9-11900K e i7-11700K vazam com clocks de até 5,3 GHz
Imagem: WccFTech
Avatar do autor

Uma série de vazamentos publicados no Twitter revelou mais detalhes sobre os processadores Core i9-11900K & Core i7-11700K, que devem ser dois dos principais modelos de chips da Intel para desktops em 2021. As CPUs da família Rocket Lake apareceram em testes funcionando em até 5,3 GHz, um recorde para o segmento.

Os dois processadores foram listados no Geekbench 5, que revelou algumas das possíveis especificações de cada modelo. Enquanto o i9-11900K deu as caras em um sistema baseado na placa-mãe Gigabyte Z490 AORUS Master, o i7-11700K apareceu rodando em uma Colorful Z590M Gaming PRO.

Intel Core i9-11900K

Fonte:  WccFTech 

O i9-11900K promete ser o processador mais potente da décima primeira geração de chips da Intel para computadores de mesa. O chip contará com oito núcleos e 16 threads, segundo o vazamento, além de 16 MB de cache L3 e 4 MB de cache L2.

O chip vai operar em frequência base de 3,5 GHz. Com o uso de tecnologias de boost, o produto supostamente alcançará clock de até 5,3 GHz em um núcleo e vai entregar frequências de até 4,8 GHz em todos os Cores.

Intel Core i7-11700K

Fonte:  WccFTech 

O modelo i7-11700K deve contar com uma configuração similar ao chip principal da linha Rocket Lake, mas operando em frequências inferiores. Segundo o vazamento, o produto chegará com oito núcleos, 16 threads e a mesma configuração de cache que o chip mais potente da série.

O clock base seria de 3,6 GHz, mas o modo boost não surpreende tanto quanto o i9-11900K. O produto supostamente entregará clock máximo de 5,0 GHz em single-core e vai operar em até 4,6 GHz com todos os núcleos em funcionamento.

Comparativo

Testes com CPUs operando em single-coreTestes com CPUs operando em single-coreFonte:  WccfTech 

O WccFTech também compartilhou um benchmark comparando a potência dos processadores com concorrentes que estão no mercado atualmente. Nos testes single-core, os dois novos chips conseguem bater adversários como o potente Ryzen 9 5900X da AMD.

Teste em múltiplos núcleosTeste em múltiplos núcleosFonte:  WccFTech 

Nos testes de múltiplos núcleos, os dois chips da Intel superam o i9-10900K, modelo top de linha da atual geração da empresa. Porém, os processadores ainda ficam atrás do Ryzen 9 5900X, que possui uma vantagem considerável no multi-core.

A expectativa é que a Intel comece a trazer suas novas CPUs de desktop para o mercado somente em março ou abril.