Qualcomm anuncia Snapdragon 870, uma versão aprimorada do 865+

1 min de leitura
Imagem de: Qualcomm anuncia Snapdragon 870, uma versão aprimorada do 865+
Imagem: Qualcomm
Avatar do autor

A Qualcomm anunciou hoje (19) o Snapdragon 870, novo chip 5G da empresa que é inspirado no Snapdragon 865 e 865+, modelos top de linha da empresa em 2020. O componente adota o mesmo design e processo de fabricação que seus antecessores, mas vem com alguns aprimoramentos.

Similar aos chips do ano passado, o novo componente conta com GPU Adreno 650 e CPU Kryo 585, que alcança até 3,2 GHz. Graças aos aprimoramentos feitos pela Qualcomm, o Snapdragon 870 entrega 10% mais velocidade que o Snapdragon 865 e 3% mais desempenho que a versão Plus do chip. A conectividade 5G fica por conta do modem X55.

Fonte:  Gizchina 

Mesmo com os aprimoramentos, é importante ressaltar que o chip ainda é consideravelmente inferior ao Snapdragon 888,  o chip high-end da Qualcomm para 2021. Segundo a companhia, o objetivo do Snapdragon 870 é oferecer alta performance para celulares que não precisam de todos os recursos da plataforma mais avançada da companhia.

Demanda das fabricantes

De acordo com a Qualcomm, o lançamento do Snadpragn 870 acontece por causa de uma demanda das fabricantes de celulares e deve diversificar os preços no segmento de smartphones top de linha. Com o novo chip é mais barato que o Snapdragon 888, a firma espera que o componente apareça em celulares com valores abaixo dos US$ 800.

O Snapdragon 870 vai coexistir com o Snapdragon 888 no mercado de smartphones de alto desempenho.O Snapdragon 870 vai coexistir com o Snapdragon 888 no mercado de smartphones de alto desempenho.Fonte:  Android Authority 

Durante o anúncio do chip, algumas fabricantes já garantiram que estão trabalhando em smartphones baseados no Snapdragon 870. As primeiras empresas que lançarão celulares com o componente serão Motorola, Oppo, Xiaomi e OnePlus.

Os smartphones equipados com o Snapdragon 870 começam a chegar ao mercado ainda no primeiro trimestre de 2021.