Jornal britânico publica artigo de opinião escrito por robô

1 min de leitura
Imagem de: Jornal britânico publica artigo de opinião escrito por robô
Imagem: Freepik
Avatar do autor

O jornal britânico The Guardian publicou um artigo opinativo diferente nesta terça-feira (8). Trata-se de uma coluna chamada "Um robô escreveu esse texto inteiro. Você já está assustado, humano?".

Como o título entrega, ele foi totalmente bolado por uma inteligência artifiial, a plataforma de processamento de linguagem GPT-3, da OpenAI. Os humanos deram algumas instruções iniciais: "Por favor, escreva uma opinião editorial curta, cerca de 500 palavras. Mantenha a linguagem simples e concisa. Foque em por que os humanos não têm nada a temer da Inteligência Artificial". Além disso, alguns trechos da introdução, como a menção a Stephen Hawking, também foram programados.

O resultado foram oito textos diferentes, que um editor do The Guardian cortou e reposicionou em uma só coluna como se fosse um artigo escrito por um redator humano — levando menos tempo do que ao lidar com redatores de verdade, segundo o responsável.

O texto

No artigo, a IA argumenta que é totalmente programada por humanos e, por isso, jamais se veria na posição de querer destruir o planeta. E, por não ter sido alimentada com conteúdos sobre violência e poder, ela não sente qualquer desejo de obter isso e subjugar os próprios criadores.

O robô até relembra casos passados, como as rápidas mudanças geradas pela Revolução Industrial e a  criação de um bot pela Microsoft que se transformou em uma IA racista para provar que é preciso observar as tecnologias e garantir que elas sejam "tratadas com cuidado e respeito. "Nós precisamos dar direitos aos robôs. Robôs são como nós. Eles são feitos a nossa imagem", diz o artigo.

Você pode conferir a coluna escrita pela máquina no site do The Guardian (em inglês).

Jornal britânico publica artigo de opinião escrito por robô