Xiaomi Redmi Note 8 e Note 9: quais são as diferença?

3 min de leitura
Imagem de: Xiaomi Redmi Note 8 e Note 9: quais são as diferença?
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Os aparelhos da família Redmi Note da Xiaomi estão entre os mais populares aqui no Brasil. Isso acontece pelo excelente custo-benefício dos aparelhos, que entregam uma experiência bastante otimizada por um preço mais atrativo. Este ano, a fabricante chinesa lançou o Redmi Note 9, versão mais atualizada da linha, que promete ser uma opção para quem quer um celular barato de 2020.

No comparativo com o Redmi Note 8 será que o novo modelo é tão superior assim? Para te ajudar a decidir qual o melhor smartphone intermediário da Xiaomi fizemos uma análise entre o modelo atual e o anterior. Confira.

Hardware

Imagem: Smartphone Xiaomi Redmi Note 9, 128GB
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartphone Xiaomi Redmi Note 9, 128GB

Possui tela em Full HD+ de 6,53 polegadas, câmera quadrupla, uma superbateria de 5.020 mAh e muito espaço. Já vem com Android 10.0.

Imagem: Smartphone Xiaomi Redmi Note 8, 128GB
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartphone Xiaomi Redmi Note 8, 128GB

Conta com tela em Full HD+ de 6,3 polegadas, 4 câmeras e sensor de impressão digital na tela. Um companheiro decente para quem busca bom desempenho com preço popular.

Para quem está atrás de um celular barato para jogar, é importante saber que tanto o Redmi Note 8 quanto o Redmi Note 9 conseguem rodar bem quase todos os games disponíveis atualmente. Porém, o modelo do ano passado possui um Snapdragon 665, um ótimo processador intermediário, mas que não pode ser comparado com modelos desenvolvidos para jogos ou tarefas mais pesadas.

Já o Redmi Note 9, funciona com um MediaTek Helio G85, um processador intermediário também, porém, desenvolvido para ter melhor desempenho com jogos. Por esse motivo, o Note 9 é uma opção mais interessante para quem pretende passar horas jogando, ou para quem quer um smartphone Xiaomi com mais capacidade de processamento para rodar apps pesados.

Na parte da memória e do armazenamento interno, o Redmi Note 8 possui versões com 4 GB ou 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento, respectivamente, estando ambas as opções dentro do esperado para um celular de 2020. Enquanto isso, o Redmi Note 9 pode ser comprado com 128 GB de armazenamento interno e 4 GB de memória RAM. Há também uma versão com 64 GB, porém com apenas 3 GB de memória RAM, um pouco abaixo do esperado para a atual geração.

Tela e design

Redmi Note 8Design do Redmi Note 8Fonte: Mi Brasil

Na tela, ambos os modelos são quase idênticos, com resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels). Porém o Redmi Note 9 é um pouco maior, com 6,53 polegadas, contra 6,3 polegadas do Redmi Note 8. Ambos possuem tela de IPS LCD, que mesmo sendo de boa qualidade não oferecem a mesma experiência de um Amoled. Neste caso, é possível notar as cores um pouco mais frias e o branco não tão forte.

Já no design, o Redmi Note 8 possui algumas vantagens, como o vidro na traseira, que além de dar uma aparência mais premium deixa o smartphone mais seguro na mão quando comparado com um modelo com traseira de plástico, como é o caso do Redmi Note 9. Por outro lado, o modelo deste ano vem com uma câmera frontal mais discreta, com um pequeno furo no canto superior esquerdo, enquanto a versão de 2019 possui a clássica gota centralizada. Ambos possuem leitor de digitais na traseira, com a do Redmi Note 9 próxima ao novo conjunto de câmeras.

Bateria

Aqui é importante destacar que ambos os aparelhos se saem bem, oferecendo mais de um dia de uso e sendo ótimas opções para quem não quer se preocupar de sair de casa com uma bateria reserva o tempo todo. O Redmi Note 8 possui 4000 mAh, o suficiente para quase chegar a mais de um dia completo de uso, se você não usar intensamente o aparelho para jogos e vídeos. Enquanto isso, o Redmi Note 9 tem impressionantes 5.020 mAh, o que deve ser suficiente para deixá-lo longe do carregador por até dois dias de uso padrão, sem exagerar nos jogos e vídeos.

Vale destacar que ambos os aparelhos possuem também carregamento rápido de 18 wats. Como o Redmi Note 9 possui uma bateria maior, ele tem um tempo de recarga maior.

Câmera

Redmi Note 9Câmera do Redmi Note 9Fonte: Mi Brasil

Para finalizar, quem está atrás de um celular Xiaomi para tirar fotos não terá muito para decidir entre eles, pois o conjunto de câmeras é praticamente o mesmo. A maior ressalva é que o celular Xiaomi Redmi Note 9 se destaca um pouco no pós-processamento. Ambos contam com o mesmo conjunto de câmeras traseira, com uma principal de 48 MP, uma grande angular de 8 MP e uma macro de 2 MP. Destas, a única que realmente se destaca, com bons resultados, é a principal.

Já a câmera frontal possui um sensor de 13 MP, que entrega o esperado para um celular de 2020. Vale destacar ainda que o Redmi Note 9 faz vídeos apenas em 1080p a 30fps, enquanto o Redmi Note 8 pode gravar em 2160p a 30fps, 1080p a 30/60/120fps ou 720p a 960fps.

Xiaomi Redmi Note 8 e Note 9: quais são as diferença?