Mi Band 5 terá nova tecnologia de carregamento magnético

1 min de leitura
Imagem de: Mi Band 5 terá nova tecnologia de carregamento magnético
Imagem: Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Prestes a chegar ao mercado chinês, a Mi Band 5 vai contar com uma nova tecnologia de carregamento magnético. Agora, uma imagem divulgada pela XIaomi mostra que não será necessário remover o dispositivo de sua pulseira para completar sua bateria.

Nas gerações anteriores, é preciso retirar a alça e conectar a smartband ao cabo proprietário da companhia. Em vez disso, a novidade permite que um pino de carregamento magnético seja colocado na parte traseira, eliminando a necessidade de procedimentos mais elaborados.

Nova tecnologia de carregamento elimina necessidade de remoção de pulseira.Nova tecnologia de carregamento elimina necessidade de remoção de pulseira.Fonte:  Xiaomi 

Novos recursos e rumores

Além dessa implementação, outras atualizações fazem parte do lançamento. Um display 20% maior (de 1,2 polegada) será adicionado à Mi Band 5, assim como sensores profissionais, entre eles o de saturação de oxigênio e os de mensuração de estresse e atividade respiratória.

Além disso, um rastreador fitness oferece 11 modos de esportes profissionais, havendo, inclusive, um modo de saúde dedicado ao público feminino e recursos de controle remoto.

Por fim, o suporte a pagamento por aproximação com o uso de tecnologia NFC foi confirmado – sendo que rumores de versões internacionais sugerem compatibilidade com Google Pay, trazendo, também, a Alexa como assistente de voz.

A Mi Band 5 estará disponível na China a partir de 11 de junho, com preço especulado de US$ 25 (cerca de R$ 122, em conversão direta).

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Mi Band 5 terá nova tecnologia de carregamento magnético