Google está trabalhando em processador próprio para o Pixel [Rumor]

1 min de leitura
Imagem de: Google está trabalhando em processador próprio para o Pixel [Rumor]
Imagem: Google
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O Google deve seguir o caminho adotado já há alguns anos pela Apple e utilizar processadores próprios em futuras gerações do smartphone Pixel. A informação é do site Axios.

Segundo as fontes ouvidas pela página, o processador tem o codinome Whitechapel e as primeiras unidades solicitadas até já foram enviadas para testes no Google. Os modelos encomendados seriam octa-cores ARM com hardware otimizado para aprendizagem de máquina.

Os processadores, que podem ser utilizados também em Chromebooks, são fabricados em parceria com a Samsung — especialmente pela arquitetura de fabricação de 5 nm da sul-coreana e a experiência na área, já que ela é há anos uma das responsáveis por processadores dos iPhones e da própria linha, a Exynos.

Lançamento

Entretanto, os processadores personalizados para o Google ainda estão em fases bem iniciais de avaliação, e provavelmente não ficarão prontos a tempo para um eventual Pixel 5, que deve ser lançado no final de 2020. Além disso, a adoção nos notebooks seria ainda mais tardia, já que depende do sucesso inicial do componente em dispositivos móveis.

Atualmente, quem fornece os processadores para a empresa é a Qualcomm. Até o momento, nenhuma das empresas envolvidas comentou o assunto, que por enquanto deve ser tratado como rumor.

Fontes