Projeto energético da Tesla já economizou US$ 77 milhões na Austrália

1 min de leitura
Imagem de: Projeto energético da Tesla já economizou US$ 77 milhões na Austrália
Avatar do autor

Um eficiente sistema de produção de energia elétrica da Tesla finalmente completa o segundo ano de existência. A estrutura é responsável por abastecer 30 mil residências de certas regiões da Austrália e, desde o período de inauguração, já economizou 116 milhões de dólares australianos.

Há mais de 2 anos atrás, milhares de famílias de algumas regiões da Austrália conviviam com um inconveniente problema no suprimento de energia elétrica. Elon Musk, desafiado a desenvolver alternativas para o problema, construiu uma enorme estrutura para produção, armazenamento e distribuição de energia — felizmente, o projeto se provou um sucesso.

A ação foi motivada por um grande apagão na região sul da Austrália em 2017 — resultado de uma tempestade que afetou toda a infraestrutura de transmissão de energia. Na época, Musk prontificou máquinas e toda a força da Tesla para construir uma alternativa para o problema em até 100 dias — e se o prazo fosse excedido, o projeto seria de graça.

(Fonte: Tesla/Reprodução)

Composto por baterias de 100 megawatts (MW), a reserva de energia Hornsdale é abastecida por fontes eólicas e painéis fotovoltaicos. Toda a estrutura e mão de obra custaram US$ 50 milhões da Tesla e o prazo para entrega foi respeitado.

Dois anos depois, a atividade da reserva no Austrália Meridional gerou economia em cerca de US$ 77 milhões (116 milhões de dólares australianos) e garantiu ao estado o título de pioneira na produção e consumo de energia renovável com armazenamento em baterias.

E você, o que achou da ousadia de Musk? Não é de hoje que o empresário figura como uma das personalidades mais impactantes no mundo da tecnologia.

Fontes

Projeto energético da Tesla já economizou US$ 77 milhões na Austrália