LG apresenta framework para o desenvolvimento de IA avançada

1 min de leitura
Imagem de: LG apresenta framework para o desenvolvimento de IA avançada
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Durante a primeira parte da conferência da LG na CES 2020, o presidente e chefe de tecnologia da companhia, Doutor I.A. Park, apresentou um novo framework para o desenvolvimento avançado de inteligência artificial, que aborda o conceito de “Níveis de Experiência em IA: o futuro da IA e a experiência humana”.

Esse framework cria uma espécie de roteiro de desenvolvimento, que é dividido em estágios que vão do mais simples ao mais complexo. No último estágio, a LG estaria chegando a um amplo sistema que compreenderia produtos e serviços que farão um usuário se sentir em casa, não importando o lugar onde ele esteja.

Legenda

Também subiu ao palco Jean-François Gagné, co-fundador e CEO  da Element AI, empresa com sede em Montreal (Canadá). Gagné e Park explicaram os quatro níveis de experiência em IA (AIX, na sigla usada pela LG) – eficiência, personalização, raciocínio e exploração – cada um situado em um diferente estágio de complexidade, tanto em relação ao desenvolvimento quanto à sua aplicação.

Nível 1: Eficiência – Esse é o nível onde as funções específicas do dispositivo/sistema podem ser automatizadas por meio de comandos simples. Esse estágio compreende a maioria dos produtos que possuem IA atualmente, como o ar-condicionado LG ThinQ, que ajusta o fluxo de ar e a temperatura, de acordo com a quantidade de pessoas em um ambiente.

Nível 2: Personalização – Nesse estágio, a IA é capaz de se otimizar, baseando-se em padrões de comportamento, a fim de melhorar suas tarefas e a interação com o usuário. Um exemplo de produto que está nesse estágio é o aspirador de pó inteligente R9 (a ser lançado), que é capaz de mapear o ambiente e evitar ficar preso em cantos e lacunas.

Nível 3: Raciocínio – No terceiro estágio, a IA seria capaz de gerenciar um sistema composto por vários dispositivos e serviços, e utilizar o aprendizado de causalidade, por meio da inteligência coletiva, para prever e promover melhores resultados para os usuários.

Nível 4: Exploração – Aqui está o “destino final da LG”. Nesse estágio, os sistemas baseados em IA poderão desenvolver novos recursos com base na formação e teste de hipóteses, como se pudessem “adivinhar” a melhor forma de interagir com determinado usuário.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
LG apresenta framework para o desenvolvimento de IA avançada