Drone-metralhadora da Turquia consegue atirar sem perder estabilidade

1 min de leitura
Imagem de: Drone-metralhadora da Turquia consegue atirar sem perder estabilidade
Avatar do autor

A empresa Asisguard desenvolveu o Songar, o primeiro sistema de drone armado da Turquia. O drone carrega uma metralhadora e consegue se manter focado em um alvo sem que a mira seja prejudicada.

No meio militar, drones são usados comummente para desmontar bombas, filmar áreas estratégicas, transportar pacotes perigosos, ajudar em resgates, etc. Grandes varejistas também os utilizam para transportar mercadorias. O que estava faltando mesmo, era o drone se transformar em uma máquina de guerra, e o Songar acabou por colocar um fim a essa espera.

Veja o vídeo do Songar em ação:

Estabilidade

Você deve estar se perguntando por que outros drones também não podem ter uma metralhadora completamente funcional. Seria fácil acoplar uma arma a um drone, correto?

Não é tão simples assim. Além do peso da própria arma, ainda seria necessário cuidar da estabilidade do drone, para que ele pudesse manter a mira focada no alvo. E é exatamente isso que o Songar faz.

A Asisguard usa vários sensores para manter seu drone completamente estável enquanto dispara rajadas de bala com um metralhadora. Além disso, o equipamento tem um braço robótico que se move para neutralizar o coice da arma. Um drone comum poderia ser derrubado com um único tiro, mas o Songar se mantém estável, atirando sem parar, e sem errar o alvo.

É possível que outros países também dominem a tecnologia, mas, no momento, só a Turquia teve coragem de expô-la.

Se drones como esses começarem a ser utilizados em combates militares, haverá a necessidade de desenvolver uma tecnologia de defesa tão boa quanto esta, que é de ataque.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Drone-metralhadora da Turquia consegue atirar sem perder estabilidade