Repórter descobre traição do namorado graças a uma Fitbit

1 min de leitura
Imagem de: Repórter descobre traição do namorado graças a uma Fitbit
Avatar do autor

A repórter da NFL Network, Jane Slater, compartilhou uma situação, no mínimo, curiosa, que aconteceu entre ela e seu ex-namorado. Ela descobriu que o ex a traiu por meio de uma atividade suspeita registrada em sua smartband, uma Fitbit, às 4h00 da manhã.

A história foi publicada no Twitter, na quinta-feira da semana passada (05). O árbitro americano, Charles Robinson, publicou que não iria correr o risco de dar uma bicicleta ergométrica de presente à sua esposa, como sugere um comercial de TV da Peloton, porque tinha medo dela se ofender e ele ter que dormir no sofá. O jornalista Albert Breer respondeu a Robinson dizendo que comprou a tal bicicleta para sua esposa há três anos, e que não houve nenhum problema.

Nessa hora, Jane Slater respondeu a Breer, contando que, certa vez, um ex-namorado lhe deu uma smartband Fitbit de presente de Natal. Ela adorou a ideia. Eles sincronizaram as pulseiras inteligentes (a dele e a dela) e passaram a incentivar um ao outro, com o objetivo de se manter na rotina fitness. De repente, tudo deu errado quando, em uma péssima manhã, Slater percebeu uma atividade física bem acima do normal, que veio da pulseira do ex-namorado, registrada às 4:00 horas da manhã. Ela terminou o comentário dizendo: “Queria que essa história não fosse real”.

Em outro tweet, ela esclareceu dizendo que ele não estava matriculado em nenhuma aula de atividade física tão intensa naquele horário.

O tweet de Slater viralizou e foi curtido mais de 472 mil vezes, recebendo mais de 46 mil retweets.

Repórter descobre traição do namorado graças a uma Fitbit