Apple AirPods Pro: não vai ter como consertar

1 min de leitura
Imagem de: Apple AirPods Pro: não vai ter como consertar
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O iFixit, portal conhecido por avaliações de reparabilidade de dispositivos eletrônicos, realizou testes com os AirPods Pro da Apple e atribuiu a nota zero quanto à facilidade de reparo dos fones.Os fones foram anunciados na última semana de outubro e trouxeram pela primeira vez à linha de fones sem fio da Apple funcionalidades como o cancelamento ativo de ruídos e encaixe intra-auricular. Custando US$249, os eles foram bem-recebidos pela crítica especializada.

Contudo, o iFixit descobriu que o dispositivo conta com diversos elementos soldados e um uso excessivo de cola, o que levou a equipe a cortar o fone para conseguir acessar os componentes internos. Com isso, não foi possível restaurar o dispositivo à sua forma original.

Fonte: iFixit/Reprodução

A nota dada pelo portal indica uma possível indução ao descarte dos fones por parte da Apple. A ausência de um design modular e a falta de peças para reposição dificultam o reparo dos AirPods Pro em caso de problemas com a bateria, por exemplo.

Para substituí-la, será necessário enviar o conjunto à Apple e pagar uma taxa de US$49 por fone. No entanto, caso o usuário possua o AppleCare+, plano de proteção para dispositivos da empresa, não haverá custo para reparo. Caso não deseje pagar pelo conserto, a Apple oferece um programa de reciclagem dedicado para os AirPods.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Apple AirPods Pro: não vai ter como consertar