Google Stadia vai prever botão que você aperta; será mais ágil que consoles

1 min de leitura
Imagem de: Google Stadia vai prever botão que você aperta; será mais ágil que consoles
Avatar do autor

A Google está mesmo confiante com o poder de processamento na nuvem da sua plataforma de streaming de jogos, o Stadia — e acredita que, em pouco tempo, ela será capaz até mesmo de superar os sistemas atualmente consolidados no mercado tradicional. Em entrevista para a revista Edge, o vice-presidente de engenharia da empresa, Madj Bakar, afirmou que o dispositivo será mais responsivo e ágil que os consoles atuais "em um ou dois anos".

Bakar considera que tecnologias de modelling e machine learning farão o Stadia superar o hardware físico de aparelhos como os de NintendoSony e Microsoft "por mais poderosas que as máquinas locais sejam".

A tal latência "negativa" prometida pela empresa seria complementada até mesmo por um sistema de predição: o sistema será capaz de prever via algoritmos que ação você vai fazer em um jogo, que botão vai pressionar ou que movimento pretende fazer, carregando essa ação com antecedência para evitar lags.

Falta muito?

O Google Stadia será lançado em novembro em seus primeiros mercados, que não incluem o Brasil. Entre a nova geração de consoles, a Sony já confirmou o PlayStation 5 para o Natal de 2020.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google Stadia vai prever botão que você aperta; será mais ágil que consoles