Snapdragon 865 da Qualcomm chegaria em novembro para desbancar A13 da Apple

1 min de leitura
Imagem de: Snapdragon 865 da Qualcomm chegaria em novembro para desbancar A13 da Apple
Avatar do autor

A disputa no mercado de smartphones não se restringe às fabricantes de celulares, e a prova disso está no anúncio do novo chipset da Qualcomm, que deverá ser antecipado em um mês: em vez de chegar ao mercado em dezembro, o novo Snapdragon 865 pode estar rodando em protótipos já em novembro.

O rumor vem da China, mas precisamente em uma postagem do usuário Digital Chat Station, na rede social Weibo. Segundo ele, a fabricante norte-americana mudou seus planos por conta da chegada dos novos Kirin, da Huawei. A fabricante chinesa, porém, lança seus chipsets para concorrer com os processadores da Qualcomm do ano anterior, ou seja, o Kirin 990 seria concorrente direto do Snapdragon 855.

Não são poucas as fontes do mercado que não acreditam nessa hipótese, e preferem creditar o adiantamento da chegada do Snapdragon 865 aos lançamentos dos protótipos da Samsung, Xiaomi, Oppo e Vivo, as primeiras a usar o novo processador Qualcomm nos celulares que chegarão ao mercado em 2020.

Espera-se que o novo Snapdragon 865 chegue em novembro para equipar os protóripos de fabricantes asiáticas, como a Samsung e a Xiaomi. (Fonte: Wccftech/Reprodução)

Resposta Android ao A13 da Apple

Pouco se sabe sobre o novo chipset, a não ser que ele terá apenas 7 nm, o que o torna altamente eficiente tanto em rendimento de energia quanto em velocidade. Se for lançado mais cedo, sua chegada também  significa a estreia antecipada da CPU Cortex-A77 da ARM, que vai equipar tanto o Snapdragon 865 como o Samsung Exynos 9830.

Segundo um print também divulgado na rede social Weibo, o Cortex-A77 bateu os 3.447 pontos no single-core e 12.151 no multi-core nos testes de benchmark, operando com clock de 2.3GHz. Isso o põe abaixo dos resultados obtidos pelo iPhone 11.

Isso deveria preocupar, já que o 865 será a resposta Android ao A13, processador da Apple que equipa os iPhones 2019. A ARM, porém, avisou que melhorias estão sendo feitas e o desempenho registrado deve crescer em até 35%.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Snapdragon 865 da Qualcomm chegaria em novembro para desbancar A13 da Apple