Google doará 100 mil Google Home Minis para pessoas com deficiência nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Google doará 100 mil Google Home Minis para pessoas com deficiência nos EUA
Fonte: VisualHunt/TheBetterDay
Avatar do autor

Na última sexta-feira (26), a Google anunciou uma parceria com a Fundação Christopher & Dana Reeve, em comemoração ao 29º aniversário da Lei dos Americanos Portadores de Deficiência (ADA). Para celebrar o momento, a empresa irá distribuir 100 mil unidades do seu Google Home Mini para pessoas com paralisia ou seus cuidadores — mas, infelizmente, a oferta é limitada aos Estados Unidos.

Cada candidato pode solicitar apenas um Google Home Mini e, para se qualificar, deve apresentar alguma deficiência, dificuldade física ou paralisia, ou ser um cuidador de um indivíduo com as mesmas condições. Para a seleção dos ganhadores, a Google irá levar em consideração o nível de mobilidade e há quanto tempo a deficiência existe, de acordo com as respostas do formulário de inscrição.

Google oferece 100 mil Google Home Minis para paralíticos (Fonte: Visual Hunt/Reprodução)
Google oferece 100 mil Google Home Minis. (Fonte: VisualHunt)

Os objetivos da parceria

A ação tem como objetivo facilitar o cotidiano e aumentar a independência de quem sofre com paralisias. Juntamente ao anúncio da parceria, a Google compartilhou em seu blog oficial a história de Garrison Redd, embaixador da Fundação, contando a sua experiência com o Google Home Mini e como o dispositivo pode gerar uma significativa melhora na qualidade de vida.

Segundo Redd, a condição de paralisia impede a execução de afazeres simples, e tudo parece ser inacessível, como a posição de interruptores de luz, por exemplo. Como uma das maiores inovações tecnológicas dos últimos tempos, os dispositivos de comando de voz estão cada vez mais presentes no mercado e podem fornecer uma expressiva mudança na vida de pessoas com deficiência.

Um alto-falante como o Google Home Mini pode ser útil no controle de fechaduras, luzes e termostatos em casas inteligentes, além de possibilitar a reprodução de músicas e pesquisas na internet, dentre outras tarefas corriqueiras, através de um simples comando de voz. O alto-falante inteligente da Google custa normalmente US$ 49 (R$ 185 na cotação de hoje), mas poderá, gratuitamente, melhorar muitos aspectos da acessibilidade.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Google doará 100 mil Google Home Minis para pessoas com deficiência nos EUA