Imagem de: Empresa de TV dos EUA lança recurso que permite mudar de canal com os olhos

Empresa de TV dos EUA lança recurso que permite mudar de canal com os olhos

1 min de leitura
Avatar do autor

A Comcast, gigante do mercado de mídia nos EUA, lançou nesta semana um sistema em que é possível controlar seus aparelhos de TV a cabo apenas com o olhar. O recurso de controle ocular Xfinity X1 funciona através de uma câmera conectada ao aparelho da operadora, que torna possível trocar de canal ou procurar programas específicos, apenas com o movimento dos olhos.

Preocupação com a acessibilidade

Há sete anos, a empresa escalou o executivo de telecomunicações Tom Wlodkowski para tornar os serviços da empresa mais acessíveis a usuários com limitações. O resultado dessa medida foi o sistema de controle por voz, que tornou a Comcast pioneira nessa funcionalidade em sistemas de TV a cabo, nos EUA.

(Fonte: YouTube/Reprodução)

Durante esse processo, um dos executivos da empresa entrou em contato com Tom, pois sua irmã sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA). A síndrome afeta o sistema nervoso e causa paralisia motora, até mesmo da fala. Esse desafio colocou um novo objetivo para a equipe, que culminou no desenvolvimento do sistema de controle ocular.

Além de auxiliar quem sofre de ELA, a função pode ser utilizada por usuários que possuem qualquer tipo de limitação física ou motora. Isso torna a simples ação de trocar de canal acessível a milhões de pessoas, que hoje dependem de acompanhantes para tarefas básicas.

“Não reparamos que mudar o canal da televisão pode ser algo quase impossível para milhões de pessoas”, disse Tom Wlodkowski, que agora possui o título de vice-presidente de acessibilidade da Comcast. Ele ainda complementou, explicando que "quando você cria um produto mais inclusivo, cria uma experiência melhor para todos e nós esperamos que o novo recurso, Xfinity X1, faça uma diferença real na vida de nossos clientes".

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Empresa de TV dos EUA lança recurso que permite mudar de canal com os olhos