Nesta segunda-feira (10), a AMD aproveitou a participação na E3 2019 para anunciar seu mais poderoso chip da linha Ryzen 3000: o Ryzen 9 3950X. A CPU foi apresentada como o "primeiro processador para jogos com 16 núcleos e 32 threads do mundo".

O termo "para jogos" se refere ao mercado mainstream, o que significa que a CPU, apesar de ter um poder brutal de processamento, não requer soquete nem plataforma exclusivos, além de fornecer desempenho excelente para todo tipo de aplicação, incluindo jogos. A CPU pretende servir bem tanto aos criadores de conteúdo quanto aos usuários domésticos.

Lisa Su, CEO da AMD, apresentando o Ryzen 9 3950X (Fonte: AMD)

Quanto ao poder de fogo…

Com tantos núcleos e threads, os consumidores poderiam supor que o R9 3950X teria um TDP igualmente avantajado. Felizmente, a CPU esbanja um TDP de apenas 105 W, o mesmo do Ryzen 7 2700X, que foi lançado em 2018 e conta com 8 núcleos e 16 threads, demonstrando que o processo de fabricação em 7 nanômetros fez muito bem à arquitetura Zen 2.

A AMD não divulgou testes de performance comparativos de CPU para CPU nem de software para software, mas mostrou os resultados obtidos em pontuações máximas para CPUs mainstream em três programas específicos. A companhia afirma que o Ryzen 9 3950X é o mais poderoso processador doméstico do mundo atualmente.

Fonte: AMD

Em testes realizados pela própria AMD, a CPU conseguiu quebrar três recordes mundiais em sua categoria:

  • Cinebench R15: 5.434 pontos;
  • Cinebench R20: 12.167 pontos;
  • Geekbench 4 Multithread: 65.499 pontos.

Especificações do Ryzen 9 3950X

A lista de especificações técnicas do Ryzen 9 3950X é a seguinte:

  • Núcleos/threads: 16/32
  • Clock base/clock turbo: 3,5 GHz/4,7 GHz
  • Cache total: 72 MB
  • TDP: 105 W

Preço e disponibilidade

O Ryzen 9 3950X chegará ao mercado americano em setembro. Seu preço inicial será US$ 749, um valor bem mais atraente que seus possíveis concorrentes. E, embora a AMD recomende utilizá-lo com uma placa-mãe que ofereça o recém-lançado chipset X570, a CPU funcionará em placas AM4 de gerações anteriores.