Imagem de: Apex Pro é um teclado mecânico ajustável com sensores magnéticos de US$ 200

Apex Pro é um teclado mecânico ajustável com sensores magnéticos de US$ 200

1 min de leitura
Avatar do autor

Usuários de teclados mecânicos, antes de comprá-los, conhecem bem suas propriedades para garantir que será a melhor experiência possível. As especificações de distância de ativação, sensação tátil e som produzido pelas teclas determinam se são destinadas a gamers ou redatores, visto que podem garantir conforto para digitar.

Normalmente, gamers optam por teclas com tempo de resposta mais rápido, portanto, distância de ativação mais curta; já redatores optam por teclas com distância de ativação maior, para evitar erros durante o trabalho. Então, a Steelseries, fabricante de periféricos, pensou: e se fosse possível ajustar as teclas conforme a necessidade?

Esse é o conceito por trás do novo Apex Pro. O teclado permite configurar a distância de ativação com bastante facilidade, seja via software, seja com um botão físico no teclado. O nome dado é OmniPoint Switch e seu ajuste é possível graças aos sensores magnéticos presentes nas teclas, variando de 0,4 mm a 3,6 mm.

teclado(Fonte: Divulgação)

Recursos avançados

Além disso, próximo à tecla especial o dispositivo tem uma tela OLED monocromática, feita para a exibição de notificações rápidas, status de jogo ou GIFs, como foi demonstrado durante o evento, e também todos os recursos de um teclado top de linha, como descanso para punhos, corpo em alumínio, macros e botões para multimídia dedicados.

A sensação tátil, por outro lado, não pode ser mudada, assim como o som. O OmniPoint Switch é um teclado bastante próximo dos switches Cherry MX Red, mas com durabilidade supostamente duas vezes maior (100 milhões de cliques).

O Apex Pro custará US$ 200 e a Steelseries afirma que ele chegará às lojas nas próximas semanas, sem especificar o dia de lançamento.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Apex Pro é um teclado mecânico ajustável com sensores magnéticos de US$ 200