AMD dá mais pistas sobre seus planos de aplicação de Ray Tracing

1 min de leitura
Imagem de: AMD dá mais pistas sobre seus planos de aplicação de Ray Tracing
Avatar do autor

A abertura da Computex 2019 feita pela AMD pode ter entusiasmado os fãs dos CPU Ryzen, mas decepcionado aqueles que esperavam uma resposta da empresa para o Ray Tracing da NVIDIA. Embora tenham apresentado que uma nova linha de GPUs Radeon está para chegar, durante a exibição não citaram nada sobre a tecnologia de renderização.

Felizmente, há suspeitas de que empresa se dedicará ao Ray Tracing, mas não será agora. Durante uma conferência dedicada a investidores, a vice-presidente sênior de marketing, Ruth Cotter, não quis revelar muitos detalhes sobre os planos da companhia, mas agora sabemos que durante a E3 2019 a CEO Lisa Su detalhará a linha AMD Navi e a arquitetura RDNA sem citar, novamente, Ray Tracing.

(Fonte: TechRadar/Reprodução)

Então, a declaração da vice-presidente reforça o rumor de que a fabricante não trará um produto dedicado à nova tecnologia por enquanto e aguardará até que a tecnologia se consolide — principalmente com mais títulos jogáveis — para lançar o hardware devidamente construído para oferecer um bom balanço entre custo e benefício.

Se a espera realmente valer a pena, poderemos ver componentes da AMD com preço mais atraente e, finalmente, ter a maioria dos usuários desfrutando dos belíssimos gráficos. Até lá, a AMD parece estar se dedicando aos gamers que ainda estão satisfeitos com a renderização utilizando rasterização, inclusive em consoles.

A E3 acontece entre 11 e 13 de junho e a AMD deverá manter o poder de fogo de sua nova linha em segredo até sua conferência no evento.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
AMD dá mais pistas sobre seus planos de aplicação de Ray Tracing