Fones de ouvido com assistentes pessoais de voz integrados ainda são novidade, mas esse tipo de produto deve ser popularizado em breve. O motivo é um anúncio da Qualcomm, que criou um design de referência com chips de áudio série QCC5100 de baixo consumo de energia para ser a base de produtos de outras fabricantes.

Os fones de ouvido com a tecnologia da Qualcomm terão acesso a uma série de engenharias para Android que antes só podiam ser usadas com outro dispositivo ou eram restritas a poucos modelos, como os Pixel Buds. O chip possibilita o suporte nativo à Google Assistente, a assistente de voz pessoal da empresa, que pode ser acessada com um botão físico localizado nos próprios fones. Além disso, o dispositivo terá a tecnologia Fast Pair, que realiza a conexão quase imediata entre aparelhos via bluetooth, ativada a partir de uma notificação.

Como o acesso será facilitado, deverá resultar em modelos mais baratos no mercado — atualmente, não é possível encontrar nos Estados Unidos opções com todos esses recursos por menos de US$ 300. Vale lembrar que a grande concorrente nesse mercado é a Apple, com a segunda geração dos AirPods, que têm acesso direto à assistente pessoal Siri.

(Fonte: Divulgação/Qualcomm)

A foto que você vê no topo da matéria é dos kits para desenvolvimento, que já podem ser adquiridos por marcas interessadas em lançar fones de ouvido com os novos recursos. Já o tal design de referência lançado pela Qualcomm é apenas um modelo, e as empresas podem fazer qualquer modificação no visual. A fabricante garante que os fones têm até 20 horas de bateria com uso contínuo e que os primeiros modelos comerciais saem no terceiro trimestre de 2019.

Cupons de desconto TecMundo: