Novos headsets da Oculus têm easter eggs polêmicos nos controles

1 min de leitura
Imagem de: Novos headsets da Oculus têm easter eggs polêmicos nos controles
Avatar do autor

Easter eggs costumam ser brincadeiras bastante divertidas deixadas por desenvolvedoras de jogos, produtos e até carros — como a Tesla. No entanto, algumas referências desses pequenos segredos podem não pegar muito bem para a empresa responsável. Foi o caso da Oculus VR, companhia comprada pelo Facebook, que imprimiu algumas frases polêmicas em partes internas de alguns dos seus dispositivos de realidade virtual.

Os controles dos novos aparelhos Oculus Quest e Oculus Rift S. trouxeram registros como: This Space For Rent, algo como “cabeça oca”; Hi iFixIt! We See You!, em uma referência à famosa empresa de manutenção; The Masons Were Here ou "Os maçons estiveram aqui"; e a mais polêmica: Big Brother is Watching ou “O grande irmão está observando”, frase famosa de “1984”, livro de George Orwell.

(Imagem: Divulgação/Oculus)

A princípio, a descoberta é inofensiva; no entanto, por se tratar de uma empresa comandada pelo Facebook, a questão se torna mais alarmante. Desde o caso envolvendo a Cambridge Analytica, a grande companhia liderada por Mark Zuckerberg tem chamado atenção por vários problemas relacionados à privacidade de seus usuários; bugs afetando publicações e coletas de dados indevidas são exemplos das confusões provocadas pela rede social.

Rapidamente, assim que as frases receberam destaque no Twitter, Nate Mitchell, cofundador da Oculus, manifestou-se na rede social para explicar a brincadeira. Segundo o tweet, as frases eram para estar somente em protótipos dos novos aparelhos, não em suas versões finais.

Mitchell termina sua publicação pedindo desculpas e reitera que já corrigiram o erro: “Embora nós apreciemos easter eggs, esses eram inapropriados e deveriam ter sido removidos”.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Novos headsets da Oculus têm easter eggs polêmicos nos controles