Apple já havia adiantado que só deve entrar para competir na seara dos aparelhos conectados ao 5G em 2020 — o que, para analistas, pode ser uma estratégia arriscada, pois o hype em torno da quinta geração de internet móvel começou e deve ficar ainda mais aquecido até o final do ano, quando as redes devem estar funcionando melhor.

Agora, informações dos bastidores da indústria apontam para um atraso ainda maior da Maçã nesse segmento. Segundo o ExtremeTech, mesmo sob pressão, a Intel parece não estar com muita pressa no desenvolvimento de seu modem 5G e o cronograma segue para o ano que vem ou até depois. “Como dissemos em novembro de 2018, a Intel planeja oferecer suporte a lançamentos de dispositivo para clientes em 2020 com o modem multimodo XMM 8160 5G”, disse um porta-voz.

iphone Fonte: Apple

O “projeto 5G” da Gigante de Cupertino já teria passado por três gerentes, justamente para que o calendário ganhasse datas mais próximas. Mas, ao que tudo indica, a Intel não estaria muito preocupada em apertar seus cronogramas e até mesmo estaria deixando de lado os “privilégios” da Apple — dada à dificuldade em manter a companhia satisfeita.

Apple não tem muitas opções

Além de alinhar melhor o calendário e seu relacionamento com a Intel, não há muito o que fazer para a Apple. Isso porque os modems da MediaTek e da Samsung, que poderiam ser alternativas à Intel, estão em pleno desenvolvimento e ficaria difícil incluir a demanda da Maçã no cronograma das duas fabricantes antes do ano que vem.

Qualcomm seria outra solução, mas, como todos sabemos, a Apple trava uma batalha jurídica épica com a empresa já há alguns anos e esse não parece ser o momento ideal para, digamos, “fazer as pazes”.

Maçã poderia começar a desenvolver alguns de seus principais suprimentos, como o próprio modem

Isso tudo pode levar a Apple a criar seu próprio modem e a passar a investir cada vez mais na fabricação própria de seus principais suprimentos. Além da crescente tensão entre os mercados dos Estados Unidos e da China — de onde vem grande parte de seus componentes —, seria uma solução para não ficar atrás dos concorrentes. Contudo, esse seria um plano a longo prazo, já que desenvolver um modem com um design completamente novo não acontece de uma hora para outra — na verdade leva anos.

Cupons de desconto TecMundo: