Todo mundo sabe que uma nova tecnologia, assim que chega ao mercado, sempre vai melhorar com o tempo, seja com a melhora utilização por parte dos usuários ou com os ajustes de hardware e software do lado das fabricantes. E esse também é o caso do sensor biométrico sob a tela do Galaxy S10 e do Galaxy S10+, que, segundo avaliação do site Sam Mobile, melhora conforme você vai se acostumando e o aparelho aprende mais sobre cada um.

Sem alguma referência física para a varredura, demora um tempinho até que você encontre o lugar da superfície onde a leitura é mais precisa. Embora inicialmente seja mais difícil acertar o local mais adequado, aos poucos é possível pegar as manhas e, mesmo sem olhar, posicionar no lugar certo.

inteligência artificial (IA) do dispositivo também ajuda. Aos poucos ela vai fazendo o reconhecimento mais rápido, já que o aprendizado de máquina pode auxiliar a memorizar alguns padrões e corrigir inconsistências.

ChipsetSamsung Exynos 9820Samsung Exynos 9820
Memória RAM8 GB8 GB ou 12 GB
Armazenamento Interno128 GB ou 512 GB128 GB, 512 GB ou 1 TB
Câmera Traseira12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6") + 16 MP (f/2.2)12 MP (f/1.5-2.4, 26mm, 1/2.55") + 12 MP (f/2.4, 52mm, 1/3.6") + 16 MP (f/2.2)
Câmera Frontal10 MP (f/1.9)10 MP (f/1.9) + 8 MP (f/2.2)
Capacidade de Bateria3400 mAh4100 mAh
Tamanho de Tela6,1 polegadas6,4 polegadas
Resolução de TelaQuad HD+ (1440 x 3040 pixels)Quad HD+ (1440 x 3040 pixels)

Isso aí, somado com as já confirmadas atualizações prometidas pela Samsung, devem aprimorar a experiência e promover um escaneamento mais acurado. Ou seja, se você ainda se incomoda com as críticas ao sistema de reconhecimento biométrico do Galaxy S10 e do Galaxy S10+, talvez isso possa ser resolvido pelo uso contínuo.