Pocophone F1 é homologado na Anatel, mas ainda não há venda oficial

1 min de leitura
Imagem de: Pocophone F1 é homologado na Anatel, mas ainda não há venda oficial
Avatar do autor

Pocophone F1 e a Xiaomi se tornaram queridinhos dos brasileiros nas últimas temporadas, especialmente por conta das especificações acima da média e preços bastante convidativos. Agora, uma homologação na surdina junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deixou todo mundo de orelha em pé, pois não há nenhum comunicado da chinesa sobre sua venda no Brasil.

O registro foi flagrado pelo Pinguins Móveis e mostra que foi emitido na terça-feira (13). O documento detalha o dispositivo com dual-SIM “fornecido com bateria e carregador compatíveis e devidamente homologados”. O modelo funciona no 4G nacional nas bandas 3 e 7.

Como a Xiaomi não atua mais em solo tupiniquim, fica a dúvida sobre a razão dessa homologação. A responsável por isso foi a DL Eletrônicos, de Santa Rita do Sapucaí. Há a possibilidade do cadastro ter sido realizado para importação visando o uso próprio ou de algum diretor. Ou a comercialização mesmo — embora a chinesa já consiga vender muitos aparelhos por aqui no mercado informal.

Entramos em contato com a assessoria de imprensa da DL Eletrônicos, que afirmou ainda não ter um posicionamento oficial. Um comunicado deve ser emitido até amanhã (15) e é possível que um grande anúncio a respeito disso seja feito no início da semana. Assim que tivermos as respostas atualizaremos essa matéria.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Pocophone F1 é homologado na Anatel, mas ainda não há venda oficial