O mercado de smartphones vive uma grande expectativa com a chegada da nova família Galaxy S10 e do telefone dobrável Samsung e a Xiaomi parece querer “roubar o trovão” da concorrente: a chinesa marcou o lançamento do Mi 9 para a próxima quarta-feira, 20 de fevereiro — justamente no mesmo dia em que a sul-coreana exibe seus flagships em São Francisco e Londres.

O convite oficial conta com teasers que trazem o embaixador do aparelho, "Roy" Wang Yuan, segurando um case personalizado com visual inspirado na boy band da qual faz parte, o The Fighting Boys (ou TFBoys) — grupo que faz muito sucesso na China. A capinha vem toda verde, com o nome da celebridade e um “cinto”.

O comunicado ainda celebra a venda de 1 milhão de unidades vendidas do Redmi Note 7.

Quanto ao aparelho, o Mi 9 deve ter três câmeras traseiras e a expectativa é de que um dos sensores seja o Sony IMX586 de 48 MP. O processador deve ser o Snapdragon 855 e a tela deve ter 6,4 polegadas, com resolução Full HD+ e leitor de digitais sob o painel. O dispositivo deve oferecer até 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. A bateria pode ter capacidade de 3.500 mAh.

Bem, para os consumidores, são boas novas, afinal, teremos assim grandes anúncios em um mesmo dia.