Instituto busca dono de pendrive achado nas fezes de uma foca-leopardo

1 min de leitura
Imagem de: Instituto busca dono de pendrive achado nas fezes de uma foca-leopardo
Avatar do autor

Se você esteve na Nova Zelândia em novembro de 2017 e perdeu um pendrive com vídeos de um passeio de caiaque azul junto com leões-marinhos, você é um sortudo, pois ele foi encontrado no cocô congelado de uma foca-leopardo e os cientistas do Instituto Nacional de Água e Pesquisa Atmosférica (NIWA) estão procurando o dono.

É isso mesmo: a NIWA descongelou uma amostra de fezes de foca-leopardo, coletada ainda em 2017, para realizar análises corriqueiras que ajudam os cientistas a compreender melhor a saúde, o comportamento e muito mais sobre esses animais. Acontece que na dieta inesperada do bichinho havia um pendrive – que saiu intacto depois de uma inusitada aventura pelo sistema digestório da foca.

Os pesquisadores do NIWA conseguiram acessar o conteúdo do pendrive e publicaram no Twitter um vídeo encontrado no dispositivo para ver se o dono reconheceria a filmagem e apareceria para reaver seu gadget. A devolução do pendrive, é claro, só vai acontecer mediante algum trabalho voluntário por parte do dono – no caso, a coleta de mais cocô de foca – para compensar pelo descuido de deixar o pobre bicho comer o dispositivo e ter corrido o risco de ter algum problema de saúde.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Instituto busca dono de pendrive achado nas fezes de uma foca-leopardo