Impressora usa projeção luminosa para transformar gel em objetos 3D

1 min de leitura
Imagem de: Impressora usa projeção luminosa para transformar gel em objetos 3D
Avatar do autor

Cientistas da Universidade da Califórnia se inspiraram em “Star Trek” para criar uma impressora 3D capaz de transformar materiais gelatinosos em objetos tridimensionais macios. A máquina recebeu o nome de “The Replicator” em homenagem ao equipamento que transforma objetos no famoso seriado.

O mais interessante aqui é que a máquina criada na vida real utiliza a luz emitida por um projetor de vídeo digital, dando um ar ainda maior de ficção científica para a peça. Esses feixes de luz são os responsáveis por “firmar” parte da gelatina a fim de criar um produto muito mais flexível do que os tradicionalmente criados em impressoras 3D.

Obviamente que o material usado para a criação aqui não é qualquer tipo de gelatina. Segundo os pesquisadores, ele consiste numa resina composta por moléculas fotossensíveis e oxigênio dissolvido que é alterada pelo contato com a luz emitida pelo projetor. É possível até mesmo criar moldes de objetos mergulhando na gelatina itens como uma chave de fenda — os cientistas fizeram isso de fato.

O projeto ainda está em fase inicial e a máquina é capaz de criar produtos com diâmetro máximo de 10 cm. Outro aspecto positivo é que ela não produz resíduos e o material criado aqui pode ser reutilizado em novas criações, ou seja, tudo é reciclável.

Até agora, eles criaram apenas uma réplica da escultura O Pensador, do francês Auguste Rodin, e outros pequenos objetos, mas não é difícil imaginar esse tipo de recurso sendo aplicado futuramente à medicina, na criação de órgãos para transplante ou algo do tipo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Impressora usa projeção luminosa para transformar gel em objetos 3D