Samsung vem ensaiando o desbloqueio de seus aparelhos por meio de um leitor de digitais sob a tela. Em 2017, a companhia até cogitou incluir um sensor embaixo do painel do Galaxy Note 9, contudo, isso não aconteceu porque ela ainda não havia conseguido chegar a um ajuste capaz de fazer o reconhecimento com precisão através do display — e de protetores, algo que parece não ter sido resolvido, pois há rumores que indicam que mesmo a atual versão continua ineficaz quanto a isso.

Como o Galaxy S10E, que seria a variante mais acessível, não teria esse recurso, ficou então a dúvida: o tal leitor biométrico sob a tela realmente vai estar no S10? E em quais versões? Bem, pelo menos a primeira questão teria uma resposta. O site XDA Developers, que costuma investigar códigos em busca de novidades, encontrou pistas no app do Samsung Pay.

As linhas encontradas no utilitário de pagamento digital direcionam a confirmação de uso para um scanner de impressões digitais no display, para que o programa possa ajustar o espaço de toque na  tela da interface durante a verificação de compra. A compilação se refere também especificamente ao “scanner de impressões digitais no display do Beyond” — “Beyond” é o “nome de trabalho interno” da Sammy para a série Galaxy S10.

Diferente de aparelhos como o OnePlus 6T, que já apresentam essa opção de identificação, a solução da Samsung promete ser mais poderosa. Os leitores ópticos comparam imagens de uma impressão digital obtida durante a configuração com a que é introduzida posteriormente. O leitor ultrassônico da Qualcomm, utilizado pela sul-coreana, reflete ondas na ponta do dedo, permitindo ao aparelho criar um modelo 3D mais detalhado.

Bem, as dúvidas devem ser tiradas logo mais, no dia 20 de fevereiro, quando a Samsung apresenta as novidades para a temporada em um evento nos Estados Unidos, em São Francisco.