As smart display Portal e Portal+, anunciadas pelo Facebook em outubro de 2018, começaram a ser vendidas em novembro e ambas têm avaliação média de quatro estrelas no site da Amazon. Contudo, o repórter Kevin Roose, do New York Times, revelou ontem (17) que encontrou algumas avaliações com cinco estrelas feitas por funcionários do Facebook.

Além de ser antiético empregados da empresa publicando avaliações sem deixar claro quem são eles, isso também viola as diretrizes da Amazon: a varejista não permite que funcionários de uma companhia façam comentários a respeito de produtos fabricados por suas empregadoras.

Lógico que não dá para cravar que as análises são falsas. É possível que, de fato, as pessoas que escreveram a sua opinião ali pensem exatamente aquilo a respeito das smart display, mas fica evidente que o ideal seria ver opiniões de pessoas ligadas ao Facebook sobre a Portal apenas em canais oficiais do produto.

Cupons de desconto TecMundo: