O iOS 12 ganhou um novo recurso recentemente para ajudar os usuários do fone de ouvido sem fio AirPods, mas por trás da novidade, também foi descoberto um grande problema envolvendo questões de privacidade.

A Apple lançou recentemente em seu sistema operacional móvel a ferramenta Live Listen, que permite ao usuário escutar pessoas sem precisar tirar os fones de ouvido. A funcionalidade sincroniza o microfone do iPhone para capturar o som da pessoa conversando com o usuário e transmití-lo para os AirPods.

Em tese, o recurso é funcional em casos como reuniões ou palestras, por exemplo. Mesmo em uma sala lotada ou ambiente barulhento, o usuário só precisa deixar o iPhone próximo do interlocutor para conseguir ouví-lo com clareza.

Apesar dos benefícios, porém, o Live Listen também acabou levantando preocupações sobre espionagem, afinal, o novo recurso pode transformar os fones sem fio em escutas móveis que funcionam via Bluetooth.

A funcionalidade pode ser utilizada para bisbilhotar ou ouvir conversas alheias. Para isso, basta deixar o smartphone próximo do local desejado e acionar o Live Listen. "As pessoas podem facilmente deixar seus iPhones na sala para espionar seu parceiro, chefe ou qualquer pessoa que eles queiram ouvir sem que a vítima saiba sobre isso", exemplifica o site MSPowerUser.

Até o momento, a Apple não comentou oficialmente sobre o caso. Porém, com o update que transforma os AirPods numa "ferramenta de espionagem" virando piada nas redes sociais e preocupando especialistas de privacidade e segurança, não deve demorar para termos alguma novidade vinda da empresa sobre o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: