A Gigabyte registrou 40 variantes da GeForce RTX 2060 juntos à Comissão Econômica da Eurásia (EEC, sigla em inglês). Nem os mais otimistas poderiam esperar essa quantidade de versões da RTX 2060 no mercado.

É claro que os registros podem ser apenas por uma questão de reserva de marca, já que registrar uma marca não implica no efetivo lançamento do produto. Mas também é perfeitamente aceitável a ideia de que a NVIDIA queira expandir sua linha de GPUs para aumentar sua fatia de mercado sobre a AMD.

Esses seriam o principais modelos da RTX 2060 a ser lançados pela Gigabyte:

  • NVIDIA GeForce RTX 2060 6GB GDDR6
  • NVIDIA GeForce RTX 2060 6GB GDDR5
  • NVIDIA GeForce RTX 2060 4GB GDDR6
  • NVIDIA GeForce RTX 2060 4GB GDDR5
  • NVIDIA GeForce RTX 2060 3GB GDDR6
  • NVIDIA GeForce RTX 2060 3GB GDDR5

As 40 variantes da GeForce RTX 2060 serão divididas em modelos com VRAM de diferentes quantidades (3 GB, 4 GB e 6 GB) e tecnologias (GDDR5, GDDR5X e GDDR6). O surpreendente é que, atém então, esperava-se que as todas placas de vídeo da linha RTX fossem utilizar memórias GDDR6.

Se todos esses registros se tornarem produtos de fato, a confusão dos clientes na hora de comprar uma RTX 2060 será inevitável. No entanto, como a série RTX 20XX foi bastante criticada pelos altos preços, é possível que um número exagerado de modelos ajude o valor a cair.

No mínimo, se levarmos em consideração a lacuna de performance entre as GTX 1060 e as GTX 1070, podemos esperar, na linha RTX, uma maior variedade de opções para os consumidores, o que se traduz em preços que possam se ajustar a vários orçamentos. Sem contar que a decisão da NVIDIA pode influenciar em novos lançamentos por parte da AMD.