O mercado de realidade virtual (RV) ou na indústria pornográfica tem aumentado estratosfericamente nas últimas temporadas. De acordo com o Pornhub, o número de visualizações imersivas aumentou mais de 275% desde a estreia dessa opção na plataforma, com uma média diária de 500 mil. A expectativa é de que até 2025 os filmes adultos estejam na terceira posição entre os setores que exploram a RV.

E, para atender a essa demanda, é necessário criar um conteúdo específico para essa mídia — ou seja, não dá para apenas converter as gravações existentes, é preciso compreender as vantagens do gadget para entregar uma experiência mais completa. Foi pensando nisso que a companhia VR Bangers anunciou na terça-feira um novo conceito de captação das imagens.

vr bangersFonte: VR Bangers

Bem, antes de chegar lá, vale destacar como esse processo é feito atualmente. Para oferecer a sensação de que os modelos estão próximos e interagindo com os usuários, a gravação é feita com a cabeça de um boneco que fica próximo ao queixo da pessoa que representa o cliente. Assim, o resultado mostra algo que remete à uma transa real — ainda que para quem esteja nos bastidores seja algo ridículo ou desconfortável.

Capacete com olhos de aranha  

Para solucionar essa parafernália que atrapalha o clima das cenas, a VR Bangers desenvolveu um capacete com 7 câmeras de resolução 8K e dois microfones embutidos, gravando em um campo de visão de 300 graus e com possibilidade de transmissão em tempo real. O esquema lembra os olhos de uma aranha.

"Como a RV está se tornando mais comum, é um campo muito competitivo com alguns poucos players de destaque. Até agora, estamos escolhendo manter nossa vantagem competitiva e usar essas plataformas exclusivamente para nossas produções", disse Igor Zhivago, diretor de marketing da VR Bangers.

realidade virtualFonte: VR Bangers

Ou seja, por enquanto, o Head Rig 2.0 é um protótipo usado como prova de conceito para a evolução de um sistema que a companhia pretende manter como diferencial perante à concorrência. Então, se você se animou com a possibilidade de ter um desses, é melhor tirar o cavalinho da chuva — ou aproveitar o conteúdo que virá do gadget, afinal, pelo menos as gravações serão mais sexy do que com aquele boneco sem cabeça medonho.