IntelliMouse é uma marca lendária de mouses da Microsoft. Em 2003 tivemos o modelo Explorer 3.0, que fez um incrível sucesso, trazendo uma luz vermelha parte de trás. Claro que não foi só o design que chamou a atenção dos usuários. O mouse era muito bem construído, bonito e resistente. Além de ter sido um dos primeiros a ter um botão de scroll.

Este ano (2018), a Microsoft lançou uma versão moderna do modelo clássico do IntelliMouse, pegando carona em sua inabalável popularidade.

Agora, a companhia resolveu retornar ao mercado gamer com o modelo Pro IntelliMouse, que é a versão atualizada do Explorer 3.0.

O Pro traz um dos sensores mais respeitados do mercado atualmente, o Pixart PMW 3389. Ele está presente em mouses como o Razer DeathAdder Elite e o HypperX Pulsefire FPS Pro.

Como switches principais, ele utiliza os OMRON 20M. O botão de scroll funciona com um dispositivo óptico, o que diminui o atrito, com o objetivo de proporcionar maior durabilidade em relação aos botões convencionais, sendo que o cabo é em nylon, que também é mais resistente. Como todo mouse gamer de qualidade, ele também possui um aplicativo para configurar as funções dos botões, macros e esquemas de cores dos LEDs GB.

Por falar em LEDs RGB, no Pro eles aparecem apenas na parte inferior traseira do periférico, conferindo um visual sóbrio e discreto, como sempre foi a proposta da linha IntelliMouse. Com um peso de 106 gramas distribuídos a partir de centro, ele deve oferecer boa estabilidade para os jogares.

O Microsoft Pro IntelliMouse está chegando ao mercado apenas algumas semanas depois da companhia liberar uma atualização para o Xbox One, que oferece suporte para teclado e mouse.

Por enquanto, ele está disponível para a venda somente pelo site oficial da companhia, na China, pelo equivalente a US$ 58. Não temos informações se (e quando) ele chegará ao mercado nacional.